Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2013 / Agosto / Unidade do Centro de Referência e Apoio à Vítima – CRAVI do ABC é inaugurada na Metodista

Unidade do Centro de Referência e Apoio à Vítima – CRAVI do ABC é inaugurada na Metodista

27/08/2013

23/08/2013 14h10 - última modificação 02/08/2016 20h10

Foto: Mônica Rodrigues

Atualizado em 02/08/2016: o serviço não está mais disponível à comunidade. 

 

Nesta manhã (27), a Universidade Metodista de São Paulo, em parceria com a Secretaria de Estado da Justiça e da Defesa da Cidadania, inaugurou a unidade do Grande ABC do Centro de Referência e Apoio à Vítima (CRAVI), que funcionará na Policlínica do Campus Rudge Ramos da Universidade, em São Bernardo do Campo.

O CRAVI atua no atendimento a vítimas e familiares de vítimas de crimes buscando a consolidação e fortalecimento da rede social de apoio e aprimorando  metodologias, além de promover o reconhecimento e o acesso aos direitos das vítimas de violência, visando à consolidação dos direitos humanos e o exercício da cidadania.

A Metodista, por meio de sua Faculdade de Saúde, é parceira no projeto oferecendo atendimento psicológico e assistência social. Serão realizados atendimentos gratuitos em serviços de baixa e média complexidade nos núcleos de Análises Clínicas, Educação Física, Fisioterapia, Nutrição, Odontologia e Psicologia.

“Estamos muito felizes e honrados com essa parceria. Um dos desafios do CRAVI, a promoção dos direitos humanos e da cidadania é também um dos desafios da Metodista, e esses valores devem ser preservados. A Universidade, que já trabalha ativamente com a comunidade, agora tem essa responsabilidade ainda maior”, apontou o reitor da Universidade Metodista de São Paulo, professor Marcio de Moraes.

A Secretária de Estado da Justiça e da Defesa da Cidadania, Eloisa de Sousa Arruda, afirma que a inauguração é mais um componente para que São Bernardo do Campo e região sejam referência para o Estado e para o Brasil. “Agradecemos por este espaço e por esta oportunidade. Acreditamos, sem dúvidas, que a Universidade é o palco exato para o desenvolvimento de um programa como esse, que visa dar assistência a vítimas e familiares de vítimas. Vi aqui, ao visitar a Policlínica, instalações de primeiro mundo.”

A coordenadora do CRAVI, Cristiane Pereira conta que a ideia é expandir ainda mais o serviço, que já vem sido desenvolvido há 15 anos. “Temos muito trabalho a fazer para garantir que as pessoas recebam todo o apoio, seja na área de psicologia, de assistência social, na área da saúde e jurídica. Contar com o apoio da Policlínica é um grande presente que a Metodista nos oferece.”

 

Como participar:

Para participar dos atendimentos, basta procurar a Policlínica da Metodista. O agendamento pode ser feito pessoalmente ou por telefone.
Telefone: (11) 4366–5565

Endereço: Edifício Iota, Campus Rudge Ramos - Universidade Metodista de São Paulo – Rua Planalto, 106 – Rudge Ramos – SBC.

Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 07h às 22h; sábados das 07h às 13h (para agendamentos).

Horário de atendimento CRAVI: das 08h às 17h (segunda a sexta-feira)

No primeiro atendimento, caso a pessoa não tenha sido encaminhada pelo Ministério Público ou outro setor jurídico, será realizada uma triagem pelo núcleo de psicologia e assistência social para verificar qual atendimento mais adequado à vítima.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , , , ,
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático