Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2012 / Setembro / Metodista ganha prêmio de mais inovadora no uso de TI

Metodista ganha prêmio de mais inovadora no uso de TI

17/09/2012

17/09/2012 18h35 - última modificação 19/09/2012 13h40

Professor Davi Betts recebe troféu que representa o Prêmio Mais Inovadora no uso de TI, na categoria Educação - Foto: Divulgação/InformationWeek

 

A Universidade Metodista de São Paulo é a instituição de ensino mais inovadora do Brasil no uso de TI (Tecnologia da Informação) na categoria Educação. O anúncio foi feito na última quinta-feira, 13 de setembro, em São Paulo, durante a entrega do Prêmio as 100+ Inovadoras no Uso de TI 2012, organizado e promovido pela InformationWeek Brasil e IT Mídia.

O projeto da Metodista, intitulado “Intelligere”, foca na inteligência analítica para melhorar a qualidade do ensino. De acordo com o diretor de Tecnologia e Informação, professor Davi Betts, o grande mérito está no fato de poder utilizar esta inteligência no processo de aprendizagem, um conceito técnico que diferencia a forma de avaliar o desempenho dos alunos. “A partir da necessidade identificada de aprimorar alguns processos nessa área educacional, a equipe de TI da Metodista se mobilizou para desenvolver essa ferramenta, contando com a importante participação de docentes nas etapas de validação e teste Beta”, explicou.

Ainda segundo a explicação do professor Betts, o “Intelligere” é uma ferramenta que, a partir de um questionário digital no Siga, permite que o docente tenha um diagnóstico rápido da situação do aluno. Por exemplo, em um processo de avaliação continuada, o professor tem condições de acessar as informações geradas na ferramenta e ter uma visão de como está o andamento de cada estudante de uma turma. Ele pode, ainda, ver que grupo de alunos está com dificuldade em uma temática específica a partir do que e como respondem aos questionários.

Assim, o docente também pode enviar material suplementar ao aluno, bem como dar orientações nos casos de questões respondidas erroneamente ou que se percebe um problema de interpretação. Por exemplo, enviar mensagens como: “É importante reler o capítulo, você está confundindo conceito de ética com conceito de moral”.

Confira também o vídeo da entrevista do professor Davi Betts para a InformationWeek.

Em sua 12ª edição o estudo chega renovado. Até 2011, o foco estava no processo de inovação adotado pelas companhias participantes, para este ano, em parceria com a PwC, a metodologia foi atualizada e contou com três pilares: estratégia, processo e case de inovação. No total, foram validados 247 questionários, dos quais 100 deles integram o ranking das companhias que mais inovam na adoção de TI no Brasil.

Esse não é o primeiro reconhecimento que a Metodista recebe em tecnologia e informação. Por dois anos consecutivos (2009 e 2010), a Instituição integra o rol das 100 empresas mais antenadas do País, segundo ranking da revista InfoExame. Em 2009, ela apareceu na 66ª colocação e no ano seguinte ficou em 43º lugar.
Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , , ,
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático