Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2012 / Outubro / Biovia: mais de 500 caminhoneiros atendidos em Projeto de Extensão da FacSaúde

Biovia: mais de 500 caminhoneiros atendidos em Projeto de Extensão da FacSaúde

31/10/2012

31/10/2012 17h15 - última modificação 01/11/2012 17h48

Caminhoneiros têm diversos atendimentos de saúde à disposição. Foto: Vania Delpoio

 

Solidão, depressão, violência, uso de drogas para se manter acordado, dificuldade para se alimentar e dormir corretamente e se exercitar para corrigir a postura ao volante. Estas são as principais queixas dos caminhoneiros atendidos pelo Projeto Biovia, uma iniciativa da Universidade Metodista de São Paulo e da Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes, que presta atendimentos de saúde para os caminhoneiros. Desde março mais de 500 caminhoneiros foram atendidos pelo Projeto de Extensão da Faculdade da Saúde.

As ações acontecem no centro de atendimentos, localizado no quilômetro 40 da pista Sul da Rodovia Anchieta, onde atualmente funciona o pátio de descanso para caminhoneiros. O espaço conta com equipamentos de diagnóstico e tratamento e os atendimentos são feitos por professores e estudantes da Faculdade de Saúde. Os alunos, sempre acompanhados por um docente, realizam atendimentos de acordo com a especialidade de cada curso:

• Biomedicina: exames laboratoriais - teste rápido de glicose, glicose de jejum, hemograma, colesterol e frações, triglicérides.
• Ciências Biológicas: medição da emissão de poluentes e orientação sobre os malefícios para a saúde e meio ambiente.
• Farmácia: medição da pressão arterial e orientação quanto ao uso e armazenamento de medicamentos.
• Fisioterapia: medição de pressão arterial e realização de exercícios laborais com os caminhoneiros.
• Nutrição: avaliação do Índice de Massa Corpórea, orientação e programa de atendimento nutricional.
• Odontologia: exame clínico com encaminhamento se necessário, orientação sobre higiene bucal, promoção e prevenção de câncer bucal.

Os atendimentos acontecem de segunda-feira a sexta-feira, com o revezamento entre os cursos e por meio dos mutirões mensais, a Ação Caminhoneiro, quando todos são realizados no mesmo dia. De março até outubro deste ano foram realizados 863 procedimentos. Somente na mais recente Ação Caminhoneiro, realizada no último dia 18 de outubro, foram realizados 130 procedimentos.

Também são feitas ações educativas que orientam sobre o preparo nutritivo de refeições, a higiene na manipulação e consumo de alimentos, combate ao comércio ilegal de animais silvestres, a posse responsável e o bem-estar animal e prevenção da saúde, com exercícios de alongamento e ginástica laboral para melhorar a postura ao dirigir.

Segundo a professora da Faculdade de Saúde Meire Cristina Pauleto, resultados parciais do projeto apontaram que 34% dos caminhoneiros apresentam alteração de pressão arterial, 86% estão com sobrepeso, 33% com glicemia acima do normal, 84% dos que passaram por atendimento odontológico estavam com algum problema bucal.

“Estes dados são importantes para darmos continuidade com este projeto, além de possibilitar aos nossos alunos um espaço de atendimento e participação com uma comunidade que passa despercebida pela maioria de nós, mas que pode ser bem assistida e ter melhores orientações sobre a sua saúde, o que pode refletir em melhores condições de trabalho”, acredita a professora.

O próximo Ação Caminhoneiro acontece no dia 22 de novembro, das 08h às 12h e das 13h às 16h na Rodovia Anchieta - pátio de descanso – quilômetro 40 (sentido Santos).

 

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , ,
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático