Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2012 / Outubro / Fé e Cidadania

Fé e Cidadania

30/09/2012

01/10/2012 14h16

Magali do Nascimento Cunha, professora de Teologia na Universidade Metodista de São Paulo, fala sobre os preceitos da gentileza no Cristianismo.

Espaço Cidadania: O que os ensinamentos cristãostêm a dizer sobre gentileza?

Magali Cunha: Deus criou as pessoas para viveremjun tas, em harmonia e comunhão. Quando veio ao mundo, mesmo Jesus não quis ficar sozinho, nem fazer tudo só. Ele criou uma comunidade para si, formada por seus discípulos, e viveu preocupado com o bem-estar e a felicidade das outras pessoas em diversos sentidos: providenciou vinho para uma festa de casamento para não deixar os noivos passarem vergonha; deu atenção a mulheres, crianças e doentes, num tempo em que eram excluídas socialmente. Os cristãos precisam divulgar esta mensagem e ensinar as pessoas sobre a vida em comum.

Espaço Cidadania: Como levar a gentileza para o cotidiano?

Magali Cunha: Pensando que não vivemos sozinhos neste mundo e aplicando nas coisas simples como dizer “bom dia”, não “furar” fila, dar a vez no trânsito. Nosso individualismo e a vontade de estar sempre no primeiro lugar nos deixam cegos quanto ao direito e às necessidades das outras pessoas. Fazemos parte de grupos desde que nascemos porque precisamos uns dos outros. É preciso reaprender isso.

Como adotar um estilo de vida mais cristão nos dias de hoje?

Não há uma receita, apenas a indicação de que ser cristão é seguir a Cristo e seguir a Cristo é seguir seus passos, suas opções, seus princípios. E isso passa por uma vida de despojamento, um desapego aos bens materiais, ou seja, que o consumismo não venha a assumir um valor maior que outras coisas na vida. É preciso se preocupar com o bem-estar e a felicidade do outro, de valorizar a amizade, a vida em comunidade mais do que a autossuficiência. Assim, já daria para começar.

 

Gustavo Carneiro

Comunicar erros


Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático