Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2012 / Junho / Criação e divulgação do saber

Criação e divulgação do saber

25/06/2012 20h43

 

Desde o surgimento das primeiras universidades, dentro da definição moderna, na Europa medieval, essas instituições exercem o papel de criar e divulgar o conhecimento. Elas foram pensadas não apenas para formar profissionais, mas cidadãos que desenvolvessem estudos, os convertendo em utilidades para a sociedade.

As universidades carregam esta essência até os dias de hoje. A Metodista, além de oferecer formação acadêmica, reúne estudantes e profissionais, que realizam pesquisas e desenvolvem trabalhos que, por sua vez, geram publicações.

Um dos meios pelos quais a Instituição divulga o conhecimento gerado são as revistas científicas. Elas são compostas por artigos e trabalhos e disponibilizadas ao público. Recentemente, algumas das publicações tiveram suas classificações elevadas pela avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), a Qualis.

Conheça as revistas científicas da Metodista, que tiveram novas classificações:


Revista da Faculdade de Administração e Economia (ReFAE)

Conta com artigos produzidos por alunos, professores e interessados na área de Administração, que enviam conteúdo para o veículo. A missão é promover a produção, difundir o conhecimento voltado à área de administração e afins, bem como oferecer contribuição científica ao desenvolvimento da gestão competente das organizações. Esta foi a primeira avaliação e obteve classificação B4.

www.metodista.br/revistas/revistasims/index.php/ReFAE/index


Revista Organizações em Contexto (ROC)

Do Programa de Pós-graduação em Administração, tem por missão servir às comunidades acadêmica e gerencial, na área de Administração, Ciências Contábeis, Turismo e Economia, como um veículo para a geração e disseminação de conhecimento e orientação administrativa das ações em organizações. Obteve classificação B4.

www.metodista.br/revistas/revistasmetodista/index.php/OC/index


Educação & Linguagem

Do Programa de Pós-graduação em Educação, consolida-se como periódico semestral, comprometido com a pesquisa acadêmica e contribuindo para a divulgação de trabalhos relacionados às políticas e práticas sociais da Educação em suas múltiplas linguagens. Passou da classificação B3 para B2.

www.metodista.br/revistas/revistasims/index.php/EL.


Caminhando

Da Faculdade de Teologia, é um espaço para o encontro e o diálogo entre Igreja, Universidade e Sociedade. A revista promove a conversa transdisciplinar das diversas áreas da teologia (Bíblia, Teologia e História, Pastoral) e das ciências humanas e sociais para oferecer aos/às discentes do curso de teologia exemplos para uma colaboração e um intercâmbio
construtivo, autocrítico e profético entre igrejas, universidades e a sociedade. Sobre o foco da fé cristã, ela busca promover a compreensão adequada de todos os aspectos e fenômenos da vida e expressões da humanidade, das suas diversas culturas, religiões e etnias, como parte de um só ecossistema, em busca da sua sustentabilidade. Passou da classificação B5 para B2.

www.metodista.br/revistas/revistasmetodista/index.php/CA.


Estudos de Religião

Do Programa de Pós-graduação em Ciências da Religião, tem por objetivo divulgar artigos científicos, relatos e resenhas sobre o fenômeno religioso, contemplando temas ligados a áreas interdisciplinares como: Ciências Sociais e Religião; Literatura e Religião no Mundo Bíblico; Práxis Religiosa e Sociedade; e Teologia e História. Passou da classificação B2 para a classificação B1.

www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/ER.



Veja também as demais publicações científicas da Universidade, no Portal Metodista de Periódicos Científicos e Acadêmicos: www.metodista.br/revistas/revistas-ims.


*A avaliação Qualis é o conjunto de procedimentos utilizados pela CAPES para estratificação da qualidade da produção intelectual dos programas de pós-graduação. Tal processo foi concebido para atender as necessidades específicas do sistema de avaliação e é baseado nas informações fornecidas por meio do aplicativo Coleta de Dados. Como resultado, disponibiliza uma lista com a classificação dos veículos utilizados pelos programas de pós-graduação para a divulgação da sua produção. Veja como funciona o processo de avaliação em www.capes.gov.br/avaliacao/qualis.


Marcello Ferreira


Curiosidades: Primeiras universidades

Em 387 a.C. foi fundada pelo filósofo grego Platão, a Academia, que pode ser entendida, em uma definição mais abrangente, como a primeira universidade do mundo. Era ensinado filosofia, matemática e ginástica. Não constituía, de fato, uma universidade, pois os pensadores repassavam o conhecimento e não debatiam.

A universidade, de fato, mais antiga do mundo é o mosteiro e Universidade de Karueein, Marrocos, fundada em 859 d.C., ainda em funcionamento.

Mas a primeira universidade do mundo, em termos modernos, nos padrões e formatos mais próximos das atuais é a Universidade de Bolonha, Itália, fundada em 1088. Pouco tempo depois foi fundada a Universidade de Paris, França, e a partir das duas instituições surgiram outras pela Europa e a expansão continuou pelo mundo.

No Brasil, a primeira instituição de ensino superior foi a Escola de Cirurgia da Bahia, fundada em 1808. Em seguida, foram criadas as Faculdades de Direito de São Paulo e de Olinda, ambas em 1827. A instituição mais antiga com o status de universidade é a Universidade de Manaus, de 1909, hoje, Universidade Federal do Amazonas.
Comunicar erros


Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático