Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2012 / Fevereiro / Alunos do Programa de Licenciaturas são recebidos com palestras e mesa-redonda

Alunos do Programa de Licenciaturas são recebidos com palestras e mesa-redonda

14/02/2012

14/02/2012 18h10 - última modificação 15/02/2012 12h07

Professora Vera Stivaletti durante o evento. Foto: Lara Molinari

As crises de identidade e da ação profissional, os baixos salários, as situações de indisciplina no interior da sala de aula e o despreparo das agências formadoras de professores. Foi com tintas realistas que a professora Vera Lucia Gouvea Stivaletti, Pró-Reitora de Graduação da Universidade Metodista de São Paulo pintou o quadro atual da carreira de professora no país durante a cerimônia de acolhimento aos discentes do Programa de Licenciaturas da Metodista dos cursos de Pedagogia, Filosofia, Matemática e Ciências Biológicas, realizado na noite desta segunda-feira, 13 de fevereiro, no anfiteatro Sigma. 

 

Mas, como bem lembrado pelo agente cultural Edinaldo Julio, após cantar “Minha Alma (A Paz Que Eu Não Quero)”, da banda O Rappa, “paz sem voz não é paz, é medo”, ou seja, de nada adianta a acomodação para se enfrentar os problemas, preciso ação. Foi pensando nisso que a Metodista desenvolveu seu Programa de Licenciaturas, visando contribuir com a solução e oferecer uma melhora na qualidade do ensino brasileiro. 

 

A noite teve início com um vídeo institucional, por meio do qual os novos alunos puderam conhecer melhor a Universidade. Na sequência, a professora Vera recebeu os diretores e coordenadores dos cursos, que deram palavras de boas vindas aos ingressantes. 

 

A flexibilidade das aulas, práticas diferenciadas, como situações problematizadoras, seminários avançados, projetos integradores de práticas docentes e a elaboração de material didático em diferentes formas foram alguns dos diferenciais do programa da Metodista ressaltados pela pró-reitora. A possibilidade de participação sistemática dos estudantes nas práticas pedagógicas de instituições de ensino, por meio da Residência Pedagógica também foi detalhada aos presentes. 

 

Na sequência, a professora Adriana Barroso de Azevedo, coordenadora do Núcleo de Educação a Distância, abordou o uso da tecnologia dentro da sala de aula, lembrando que, mesmo objetos casuais como livros já foram considerados tecnologias inovadoras, que causaram estranhamento quando adotados. A tecnologia, no entanto, é apenas um meio para o aprendizado, uma ferramenta. 

 

Para encerrar, a professora Roseli Fischmann, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação, 40 anos de experiência na prática do ensino, ressaltou a interdisciplinaridade do programa da Metodista, por meio da qual os alunos dos diversos cursos terão aulas em conjunto e poderão manter diálogo. A importância da integração entre ensino pesquisa e extensão também foi ressaltada pela professora, para quem “ser professor é ter paixão tão grande pelo que aprendeu que quer compartilhar”, sendo que “compartilhar é parte fundamental da vida de pesquisador”. A programação de recepção aos calouros do Programa de Licenciaturas continua nesta quinta-feira. Confira abaixo e participe: 

 

Quando: 16/01 (quinta-feira), 19h30 

Onde: Anfiteatro Sigma

Mesa-redonda - Vida e Magistério 

Refletir sobre o porquê ser professor e a importância social da educação no mundo contemporâneo.

A importância do diálogo na formação docente / Relação da constituição do ser humano e educação – Professor Luiz Jean Lauand

Formação humanizadora - Profª  Maria Leila Alves 

Docência/ estágio/ prática na escola e na universidade. A importância da criatividade / motivação – Profª Maria Angélica Santini       

Importância da leitura no processo/trajetória  formativa/ memória  - Profª Fabiana Cabrera Silva

 
Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , ,
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático