Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2012 / Agosto / Editora Metodista marca presença na Bienal do Livro com lançamento de títulos

Editora Metodista marca presença na Bienal do Livro com lançamento de títulos

13/08/2012

13/08/2012 18h40 - última modificação 13/08/2012 18h46

Professor Fabio Josgrilberg (ao centro) junco de Sergio Amadeu da Silveira e Rodrigo Savazoni em sessão de autógrafos durante lançamento do livro Tensões em rede - Crédito: Mônica Rodrigues

 

Desde a década de 1980, a Editora Metodista publica livros e revistas científicas na busca de disseminar conhecimento e proporcionar leitura de qualidade a alunos e docentes. Assim também foi no último sábado, 11 de agosto, na 22ª Bienal Internacional do Livro, ocasião em que foram lançados cinco títulos escritos e organizados por professores da Universidade Metodista de São Paulo.

“Temos a compreensão de que o papel da universidade vai muito além dos limites do campus e de que temos muito a contribuir com o entorno, as comunidades do ABC. Desenvolvemos estudos e tecnologias, não apenas a partir da teoria, mas da interação com pessoas e situações”, disse o professor Marco Aurélio Bernardes. Esta era a mesma expressão dos demais docentes, nos lançamentos das obras.

No evento, estava presente o membro da Academia Mexicana de Ciências e professor investigador da Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM), professor Jorge González, que também lançou sua obra pela editora. “Esta é uma ocasião importante, onde se expõe as diversas manifestações de cultura e também da tecnologia do conhecimento”, disse o autor de Entre cultura(s) y cibercultur@(s).

Além dos novos títulos, a editora mostrará outros durante os 10 dias da feira. O espaço da Editora Metodista pode ser encontrado no estande da Associação Brasileira de Editoras Universitárias (ABEU), da qual a Metodista é uma das associadas.

Confira os livros lançados, que visam colaborar para o conhecimento acadêmico e comunitário e que estarão disponíveis, junto com outras obras no espaço da Editora Metodista no estande da ABEU, na Bienal do livro que ocorrerá até o dia 19 de agosto:

•   Trabalho, Economia Solidária e Desenvolvimento Social: O caso da Rede de Economia Solidária na Comunidade do Montanhão em SBC/SP
, de José Veríssimo Romão de Netto e Marco Aurelio Bernardes.

O livro descreve o caminho trilhado pela Universidade Metodista de São Paulo e a Comunidade do Montanhão, em São Bernardo do Campo, SP, em direção a uma realidade mais humana e solidária. Fala, ainda, sobre os resultados alcançados e reflete crítica e historicamente acerca das relações de trabalho no Brasil e no mundo, chamando a universidade a ocupar o papel de agente do processo de transformação da realidade social. 

• Itinerário para uma Pastoral Urbana: Ação do Povo de Deus na Cidade
, de Geoval Jacinto da Silva.

Hoje, mais ainda que no passado, as igrejas precisam ter um “itinerário” missionário definido para alcançar algum êxito em sua jornada no mundo urbano. Percebe-se que muitas comunidades cristãs estão perdidas e sem direção, pois não conhecem o próprio itinerário. As igrejas têm um compromisso fundamental no contexto urbano – descobrir caminhos e indicar às pessoas, famílias, comunidades e instituições, trajetos seguros, que possam levá-las com maior segurança aos seus destinos. Este livro se coloca nesta perspectiva – indicar itinerários para que as igrejas encontrem maior relevância em seus próprios caminhos.

• Entre cultura(s) y cibercultur@(s): incursões e outras rotas não lineares de Jorge A. González.

O texto sustenta que toda tecnologia de informação e comunicação é simultaneamente uma tecnologia de conhecimento. Estas são três capacidades que podem ser cultivadas para almejar graus elevados de autodeterminação frente a problemas concretos, específicos e concebidos como distantes de uma possível solução fora da conjugação entre todas as dimensões dessa tríade.  Este processo é denominado de cibercultur@ porque, longe de designar o “universo dos computadores”, o vocábulo ciber se refere à capacidade de dirigir, de governar-se, de construir saídas inteligentes frente a problemas que parecem impossíveis de resolver.

• Tensões em rede: os limites e possibilidades da cidadania na internet (org.) Sergio Amadeu da Silveira e Fabio B. Josgrilberg.

Este livro apresenta uma visão interdisciplinar do debate sobre as possibilidades democráticas da internet, trazendo reflexões e resultados de pesquisa sobre temas como a abertura da rede – móvel e fixa –, o ativismo hacker, a questão do anonimato na rede, a relação entre os poderes públicos como a transparência, abertura de dados e colaboração com a cidade civil.

• Educação e Tecnologia na Universidade: Concepções e Práticas, de Adriana Azevedo, Fabio Josgrilberg e Francisco Lima.

Os artigos evidenciam o processo de consolidação do Projeto de (Educação a Distância) EAD na Universidade Metodista por meio dos relatos e reflexões sobre o desenvolvimento das experiências construídas e compartilhadas na realização das atividades pedagógicas, técnicas e de gestão.

22ª Bienal Internacional do Livro
Estande da ABEU: Rua F40
Local: Pavilhão de Exposições Anhembi
Endereço: Rua Olavo Fontoura,1209 - São Paulo - SP
Data: 9 a 19 de agosto
Site: www.bienaldolivrosp.com.br
Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , , , , , , , ,
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático