Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2012 / abril / Aplicativos do Bem

Aplicativos do Bem

Softwares permitem que deficientes visuais utilizem celulares e computadores

24/04/2012 15h40 - última modificação 25/04/2012 12h56

Bruna Cravo

No Brasil existem cerca de 16 milhões de pessoas com deficiência visual, segundo dados do IBGE. E a tecnologia vem sendo cada vez mais desenvolvida para suprir as necessidades dessa fatia da população. Hoje em dia é possível encontrar aplicativos capazes de auxiliá-los no uso diário, como programas de leitura de tela que funcionam por meio de um aparelho sintetizador de voz e possibilitam o uso de computadores e celulares.

Segundo Tomaz Mikio, professor nos cursos de Exatas e Tecnologia da Universidade Metodista de São Paulo, e consultor em desenvolvimento de softwares, a engenharia de software vem investindo cada vez mais em aplicativos que ofereçam suporte às pessoas com necessidades especiais. Ele explica esses programas permitem que o usuário com pouca, ou nenhuma acuidade visual, utilize recursos de escrita e leitura e aumentem sua qualidade de vida. “Graças ao sistema de voz, que lê as letras selecionadas do teclado, é possível enviar e receber mensagens com facilidade. Já existem diversos programas como este no mercado”, afirma Mikio.

O deficiente visual Fernando José da Silva utiliza programas de leitura na tela de seu celular. “Ele permite que eu mande mensagens e também estude o conteúdo que baixo na tela. Um software desses abre os horizontes de quem tem problemas de visão”, diz. Os aplicativos também promovem diversão. Fernando diz que, graças aos softwares adaptados, consegue baixar músicas e filmes. “Pode ser uma coisa básica para as outras pessoas, mas para nós, não. É uma verdadeira revolução”.

Alto custo ainda limita usuários

Contudo, ainda faltam algumas adequações para tornar a acessibilidade mais completa. Para Tomaz, qualquer software só pode ser considerado funcional quando satisfaz as necessidades de quem o utiliza. “Um aplicativo que consegue realizar isto com sucesso é resultado de todo um processo de desenvolvimento que inclui, entre diversos fatores, um levantamento bem-sucedido das necessidades do usuário e a disponibilidade e domínio de tecnologias que permitam o desenvolvimento de uma solução”, diz.

Infelizmente, esse tipo de aplicativo não está acessível a todos os deficientes, por conta de seu alto custo. Além de o usuário comprar o aparelho celular ou computador, é necessário que adquira junto o software especial. “Na licença do meu celular, paguei R$ 700. E não adiantava ir à loja e comprar qualquer aparelho, existe uma lista de modelos compatíveis com o sistema”, conta Fernando. Mesmo com algumas restrições, esses softwares auxiliam, e muito, a vida desses internautas.

Comunicar erros


Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático