Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2011 / Outubro / Seminário Cidadania e Redes Digitais discute liberdade e controle na internet

Seminário Cidadania e Redes Digitais discute liberdade e controle na internet

19/10/2011

19/10/2011 20h07

Da esq. p/ a dir.: a pesquisadora do CNPq, Fernanda Bruno; a pesquisadora da London School of Economics and Political Science, Alison Powell; a editora do UOL Tecnologia, Juliana Carpanez; e o professor Sérgio Amadeu.

Liberdade versus controle, privacidade, rastros digitais, monitoramento. Estes foram os principais tópicos discutidos na mesa “Internet: entre a liberdade e o controle”, que abriu o Seminário Cidadania e Redes Digitais, promovido pela Metodista e a Universidade Federal do Grande ABC (UFABC), na manhã desta quarta-feira, 19 de outubro.

A coordenadora da mesa, Juliana Carpanez, editora do UOL Tecnologia, comentou que “se há dez anos fôssemos tratar desse assunto, basicamente falaríamos sobre blogs. Hoje estamos falando de redes digitais, de pessoas que ‘têm um grande megafone’ e que se tornaram emissores no processo de comunicação. Há uma onipresença de todos por meio da internet e estamos pagando um preço alto por isso: perdemos a nossa privacidade.”

Este foi um dos pontos abordados pelo professor da UFABC, Sérgio Amadeu. Segundo ele, a tendência dos projetos no legislativo é no sentido de que os usuários se cadastrem para navegar na internet, coibindo o anonimato. “O argumento que utilizam é o combate aos ataques às crianças e adolescentes e evitar casos de pedofilia.”

O docente comentou ainda que “a nossa vida está sendo cada vez mais movida digitalmente. Os teóricos dizem que o digital separa do presencial. No entanto, o que vimos com a Primavera Árabe [manifestações contra os regimes autoritários no Oriente Médio] mostra o contrário.”

Sérgio enfatizou também a questão do controle, mesmo que técnico, num contexto de comunicação cibernética, digital e construída em rede. “Vivemos numa sociedade do controle em que os aparatos para tal estão completamente democratizados.”

 

Rastros Digitais

“Toda ação na internet deixa um vestígio. Além das informações que publicamos, há um rastro adicional, suscetível de ser recuperado”, afirmou a pesquisadora do CNPq, Fernanda Bruno. Ela exemplificou, citando que “grupos na França têm militado a favor da privacidade e ao direito ao esquecimento, ou seja, de não terem informações suas disponibilizadas indefinidamente na rede.” 

Para Fernanda, esses rastros podem ser usados de duas maneiras: como forma policial, para captar provas, evidências e índices; e política, na qual eles são mediadores, criando oportunidades para a construção de um espaço político e cognitivo.

 

Diferentes formas de experimentar a internet

Já a pesquisadora Alison Powell, da London School of Economics and Political Science, abordou o início da internet e a cultura de liberdade que a permeava, “podendo existir softwares que pertencessem a todos e que estivessem fora do mercado e, portanto, do controle.”

De acordo com Alison, “as pessoas têm experimentado de forma diferente a internet. Cada vez mais o acesso se dá a partir de dispositivos móveis.”

Em um de seus exemplos, a pesquisadora mostrou o mapa de uma área de Londres que mostra o melhor caminho para o ciclista chegar ao trabalho. “A mesma imagem é vista em um PC ou em um smartphone. A diferença é que o smartphone não me mostra apenas o mapa, ele me mostra onde tem trânsito e o caminho alternativo.”

Alison questiona como obter a permissão das pessoas para acessar informações a partir de seus telefones. “Os dados estão em toda parte e as empresas têm se aproveitado disso, coletando-os e agregando com outros.”

O Seminário Cidadania e Redes Digitais vai até sexta-feira, 21 de outubro, sempre com início às 9h e é realizado no Anfiteatro Sigma, do Campus Rudge Ramos da Metodista (Rua Alfeu Tavares, 149, São Bernardo do Campo). O evento tem transmissão ao vivo pela internet. Para assistir, acesse o link disponível no site www.metodista.br/cidadaniaeredesdigitais.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , ,
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático