Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2011 / Janeiro / Colégio Metodista inicia o ano de 2011 tratando da Educação na Diversidade

Colégio Metodista inicia o ano de 2011 tratando da Educação na Diversidade

21/01/2011

09/02/2011 10h33

O Colégio Metodista iniciou as atividades no ano de 2011 e, para começar, reuniu, em São Bernardo do Campo, suas quatro unidades (Bertioga, Itapeva, São Bernardo e Passo Fundo) para o planejamento pedagógico. Para este momento, o corpo docente recebeu o educador português, professor José Pacheco, idealizador da Escola da Ponte, referência mundial em Educação e da metodologia de Construção da Autonomia

 

Denominando sua primeira formação como “de rua” e cultura dos bairros, o professor Zé, como gosta de ser chamado, deixou a Engenharia Eletrônica e diz ter “sido seduzido pela Educação”. Atualmente é mestre em Ciências da Educação pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, em Portugal, especialista em Música e em Leitura e Escrita.

 

O professor Pacheco conversou com os docentes sobre o tema “Educar na Diversidade”. Para iniciar a palestra, afirmou que “o conceito de diversidade é múltiplo. Um deles é que, o momento que dialogamos com alguém é único e impossível de planejar o que vai acontecer. Diversidade é questão de autenticidade, compreendendo o outro, consigo ser eu mesmo”.

 

“Compreendi a diversidade quando expliquei o conceito de presente, passado e futuro a um surdo”, disse o professor, para posteriormente explicar que não se deve educar “para” a diversidade e sim “com” ela, ou seja, sendo responsável, solidário e trabalhar em conjunto para que o aprendizado possa ser construído em conjunto.

 

Em sua fala, também afirmou que “o Brasil é diverso em tudo, como raça, pratos típicos, sotaques, cultura e a forma de pensar das pessoas”. Dentro deste contexto social estão as escolas com a tarefa de educar. “No diálogo devemos procurar compreender o outro e saber porque ele pensa diferente”, concluiu o educador para exemplificar uma forma de se chegar ao trabalho em conjunto para também se chegar à autonomia.

 

“Autonomia é conhecer a pessoa como ela é e conhecer como sou e ver, na outra pessoa, o que sou”, finalizou o professor José Pacheco.

 

Escola da Ponte -

A Escola Básica Integrada Aves/São Tomé de Negrelos, popularmente conhecida como Escola da Ponte, é uma instituição pública de ensino, localizada em Vila das Aves, no Distrito do Porto, em Portugal. A instituição surgiu na década de 1970, do desejo de se fazer uma escola que respeitasse as diferenças individuais dos alunos.

 

A escola encontra-se numa área aberta. Os alunos formam grupos heterogêneos, não estando classificados ou distribuídos por turmas e nem por séries/anos de escolaridade. Não há salas de aula, mas sim espaços de trabalho. Do mesmo modo, não há um professor encarregado de uma turma ou orientador de um grupo; todos os alunos trabalham com todos os orientadores educativos.
Comunicar erros


Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático