Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2011 / Dezembro / Temporada de ouro para as equipes de handebol

Temporada de ouro para as equipes de handebol

16/12/2011

20/12/2011 13h35

Equipe feminina de handebol da Metodista, que conquistou todos os títulos da temporada. Foto: SM Press

O ano de 2011 foi vitorioso para as equipes masculina e feminina de handebol da Metodista. Ambas fizeram uma coleção de títulos na temporada. Os times, que representam São Bernardo, levaram a taça no Campeonato Paulista Masculino, Campeonato Paulista Feminino, Liga Nacional Feminina, além das medalhas de ouro nos Jogos Abertos do Interior, disputado em Mogi das Cruzes, nas duas categorias.

Técnico da equipe feminina, que venceu todos os torneios disputados no semestre, Eduardo Carlone conta quais são os ingredientes para o sucesso. “Primeiro, a condição que a cidade e a universidade nos dão para trabalhar. Depois, vem o trabalho. O terceiro é a dedicação da comissão técnica e jogadoras. Todos os ingredientes que nos fazem campeões.”

Mas as vitórias dos times não acabam por aí. O desempenho dos atletas da Metodista/São Bernardo é reconhecido pela seleção brasileira e também por estrangeiros. Este ano, as equipes forneceram, ao todo, 7 jogadores, Moniky Novais, Vinícius, Henrique Teixeira, Gustavo (Japa), Fábio Chiuffa e Tupan, que atuaram pela seleção feminina e masculina nos Jogos Pan-americanos de Guadalajara (ouro e prata, respectivamente), e o atleta Carlitos, que jogou pela República Dominicana.

Moniky teve grande destaque na temporada. Após ficar dois anos parada devido a lesões, a jogadora retornou às quadras e ajudou o time na campanha vitoriosa, agradando ao técnico Morten Soubak, da seleção brasileira feminina, que a convocou para todo os torneios internacionais deste semestre.

“Foi uma superação. Voltei a jogar e, em poucos meses, fazer parte de um grupo no Pan-Americano foi uma recompensa por tudo que busquei fazer no meu clube. Sei que tenho que melhorar em muitos aspectos. Foram dois anos que me tiraram muitas coisas, porém me acrescentaram outras. Aprendi muito”, disse a armadora esquerda que já está de volta à seleção, novamente, para disputar o Mundial Feminino de Handebol.

 

Marcello Ferreira

Comunicar erros


Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático