Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2011 / Dezembro / Existe diferença ter estágio obrigatório no currículo do curso

Existe diferença ter estágio obrigatório no currículo do curso

16/12/2011

20/12/2011 13h43

Depois de entrar na universidade, o próximo passo para o inicio de uma carreira de sucesso é arranjar um estágio.  Este pode vir com a ajuda do currículo do curso escolhido, por meio do estágio obrigatório, ou pela necessidade de ter experiência na área em que vai atuar o chamado estágio não-obrigatório.

Ter no projeto do curso o estágio obrigatório significa que a carga horária destinada à atividade é requisito para aprovação e obtenção do diploma. Um exemplo disso são os cursos da Faculdade de Saúde da Universidade Metodista de São Paulo, os alunos fazem os estágios nas clinicas e hospitais da Metodista ou mesmo em Instituições parceiras credenciadas. 

“Tenho o estágio obrigatório no ultimo ano da faculdade e acredito que seja um vivencia muito importante antes de ir para o mercado de trabalho”, afirmou a aluna do 4º semestre de Fisioterapia, Camila Inagaki.

Já na Faculdade de Comunicação, os cursos não têm na grade curricular a obrigatoriedade, mas tem as chamadas atividades complementares (palestras, trabalhos voluntários) e também os projetos integrados que exige do aluno a interação com empresas. 

“No curso de Jornalismo o estágio não é obrigatório, mas também este quesito não faz diferença no momento de conseguir entrar no mercado de trabalho, pois em sala de aula mesclamos a teoria com a prática”, contou a aluna de Jornalismo do 6º semestre, Letícia Cardoso.

 

Mercado de Trabalho   

Segundo o diretor da Faculdade da Saúde Rogério Bellot, o estágio obrigatório tem um papel fundamental na formação dos alunos, pois permite que aluno seja colocado em contato com a prática da profissão, com o relacionamento com os pacientes, com os desafios de diagnosticar e intervir. Com isso, para o mercado de trabalho, o aluno acaba sendo reconhecido pela pratica profissional.

Já na Faculdade de Comunicação, onde o estágio não é obrigatório, com relação ao mercado de trabalho acaba sendo indiferente tal obrigatoriedade curricular. “A vivência com o mercado de trabalho nossos alunos acontece por meio dos projetos integrados, como por exemplo, quando os alunos de Comunicação Mercadológica têm que fazer a feira Cores e Sabores , eles estudam tudo sobre a empresa a qual eles vão trabalhar, coisa que não fariam se estivessem apenas estagiando na mesma”, afirmou o diretor da FAC Paulo Rogério Tarsitano.

Porém sendo obrigatórios ou não, ambos são supervisionados pelos professores das faculdades, pois existe uma preocupação em saber se realmente o aluno está exercendo uma atividade relacionada à área que deseja atuar.

 

Lei do Estágio 

Segundo a LEI Nº 11.788, DE  25 DE SETEMBRO DE 2008, estágio é ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo de educandos que estejam freqüentando o ensino regular em instituições de educação superior, de educação profissional, de ensino médio, da educação especial e dos anos finais do ensino fundamental, na modalidade profissional da educação de jovens e adultos.  

Sendo o que o estágio poderá ser obrigatório ou não-obrigatório, conforme determinação das diretrizes curriculares da etapa, modalidade e área de ensino e do projeto pedagógico do curso. Estágio obrigatório é aquele definido como tal no projeto do curso, cuja carga horária é requisito para aprovação e obtenção de diploma. Já o não-obrigatório é aquele desenvolvido como atividade opcional, acrescida à carga horária regular e obrigatória. 

Além disso,  as atividades de extensão, de monitorias e de iniciação científica na educação superior, desenvolvidas pelo estudante, somente poderão ser equiparadas ao estágio em caso de previsão no projeto pedagógico do curso. 

 

Ana Carolina Cassinelli 

Comunicar erros


Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático