Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2009 / Setembro / Aluno é o primeiro no País a gabaritar duas provas de certificação da Apple

Aluno é o primeiro no País a gabaritar duas provas de certificação da Apple

25/09/09

25/09/2009 22h11

Aos 32 anos de idade, o aluno do curso de Engenharia da Computação da Universidade Metodista de São Paulo, Fabiano Frota, conseguiu 100% de acerto em duas provas de certificação da Apple que realizou este mês: “Exame de Certificação de Serviços Macintosh” e “Exame de Solução de Problemas do Mac OS X 10.5”.

Somente realizando essas duas avaliações os profissionais que atuam na área pode se tornar um técnico com certificação ACMT (Apple Certified Macintosh Technician), com conhecimentos suficientes para atender qualquer todas as necessidades das empresas como projeto, instalação, configuração e operação de software, entre outras. As provas envolvem assuntos como hardware de equipamentos, além dos requisitos necessários para um centro técnico autorizado Apple estar de acordo com as normas determinadas pela matriz norte-americana.

Fabiano Frota, que trabalha profissionalmente há 15 anos na área, já passou por setores como gráficas e agências de publicidades, e atualmente lida com vendas e suporte técnico em sistemas Apple na empresa MacBazar, criada junto com seu irmão. O universitário, que optou por estudar para as provas por conta própria em vez de se matricular em um curso específico, acredita que tem um diferencial. “Sou comprometido com a vontade de sempre poder oferecer algo a mais aos meus clientes, em vez de somente resolver o problema que eles apresentam. Isso faz a diferença porque quase sempre os clientes esperam receber um atendimento especializado. E agora, com a certificação, ganharei muito mais confiança por parte deles”, ressaltou.

Sobre a contribuição da Metodista para alcançar resultados como esse, Fabiano Frota pontuou que o curso de Engenharia da Computação contribui muito para que ele se torne um profissional cada vez mais qualificado. “Apesar de já ter experiência, percebi que posso aprender sempre. Os professores me fizeram entender muitas coisas que na prática eu demoraria mais para assimilar. Além de conteúdo didático, eles contribuem com toda a prática de vida que já têm”.

Para o coordenador do curso de Engenharia da Computação e diretor da Faculdade de Exatas e Tecnologia da Metodista, professor Carlos Eduardo Santi, o resultado conquistado pelo aluno merece destaque. “É um fato bastante gratificante para o curso e para a Universidade, já que tem repercussão nacional. Agora o Fabiano é uma referência”, concluiu.

Comunicar erros


Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático