Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2009 / Maio / Morre o compositor e publicitário Zé Rodrix

Morre o compositor e publicitário Zé Rodrix

22/05/2009

22/05/2009 15h08 - última modificação 22/05/2009 18h58

Zé Rodrix participa da Assembleia Docente

O compositor e publicitário Zé Rodrix faleceu na madrugada desta sexta-feira (22). O artista foi levado às pressas ao Hospital das Clínicas, em São Paulo, mas não resistiu, informou o telejornal “Bom Dia São Paulo” (Rede Globo). A causa da morte ainda não foi divulgada.
 
Rodrix, cujo nome real é José Rodrigues Trindade, compôs canções famosas na voz de artistas nacionais, como “Casa do Campo”, interpretada por Elis Regina. Na década de 80 e 90, ele dedicou à publicidade e foi graças à sua profissão que ele participou de diversos eventos na Universidade Metodista de São Paulo, inclusive fazendo parte do corpo de professores eméritos da instituição.

“Estamos tristes com esta perda. Além de ser um grande amigo e um dos grandes artistas da música brasileira, Rodrix também era um dos maiores do som em propaganda. Era também um grande escritor, e seu compromisso com a ética sempre nos encantou. Desta competência e caráter surgiu o convite para que ele se tornasse professor Emérito da Universidade”, declarou o professor Paulo Rogério Tarsitano, diretor da Faculdade de Comunicação da Universidade.
 
Zé Rodrix na Metodista

No ano passado, os calouros dos cursos de Comunicação Mercadológica e Publicidade e Propaganda tiveram a oportunidade de assistir a uma aula ministrada pelo músico.
 
Os docentes também tiveram a oportunidade de participar de um evento com a participação de Rodrix, desta vez atuando como músico. Em outubro de 2007, o trio formado por Luís Carlos Sá, Rodrix e Guttemberg Guarabyra se apresentou na Assembleia Docente promovida pela Pró-reitoria de Gestão de Pessoas e Infra-Estrutura, Associação dos Docentes do IMS (ADIMS), Pastoral, Núcleo de Artes.

O trio Sá, Rodrix & Guarabyra foi formado na década de 1970, participando de diversos festivais musicais pelo Brasil e emplacando canções, como “Ama Teu Vizinho”, “Hoje Ainda é Dia de Rock” e “Blue Riviera”. Com dois LPs lançados e casas de apresentações cheias, o trio se separou e só retomou suas atividades trinta anos depois, com a turnê “Sá, Rodrix, Guarabyra – Reencontro: 30 Anos De Rock Rural”.
 
Foi logo após a retomada musical, em 2006, que Rodrix participou do programa Destaque da Rádio Metodista.
 
Biografia
 
Escritor, multiinstrumentista e publicitário, o carioca Zé Rodrix surgiu no cenário musical em 1967, quando participou do Festival da Música Brasileira da TV Record ao lado de Marília Medalha, Edu Lobo e o Quarteto Novo.
 
Na década de 1970, o músico integrou o grupo “Som Imaginário” e ainda compunha canções. Uma delas, “Casa de Campo”, parceria do músico com Tavito e apresentada durante Festival de Juiz de Fora, se destacou na voz de Elis Regina.
 
Rodrix também fez parte do grupo “Joelho de Porco”, um dos precursores do movimento punk no Brasil, durante a década de 1980. Rodrix ainda escreveu o livro “Diário de um Construtor do Tempo” em 1999.

O artista tinha 61 anos e deixa esposa, seis filhos e dois netos.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , ,
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático