Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2009 / Julho / Orientações sobre a Gripe A

Orientações sobre a Gripe A

27/07/09

27/07/2009 20h25 - última modificação 29/10/2012 12h48

Diante do atual cenário de transmissão do vírus Influenza A (H1N1), responsável pela gripe A, a Universidade Metodista de São Paulo, preocupada com o bem-estar de seus funcionários, docentes e alunos, preparou uma série de recomendações com base nas informações divulgadas pelo Ministério da Saúde.

Quais os sintomas da gripe A?

Os sintomas da gripe comum e da gripe A são muito parecidos e se confundem: febre repentina, tosse, dor de cabeça, dores musculares, dores nas articulações e coriza. Por isso, não importa, neste momento, saber se o que se tem é gripe comum ou a nova gripe. A orientação é:

  • se você observar alguém em sua equipe – professor ou funcionário - com os sintomas listados acima, oriente-o para que procure o ambulatório médico da Metodista. Caso o funcionário já se encontre em afastamento, deverá entrar em contato telefônico com o ambulatório médico para seguimento do caso e orientação;
  • no caso de aluno, recomende que procure um médico ou posto de saúde;
  • funcionários e professores que trabalham no atendimento ao público também devem ter sua atenção redobrada. Grávidas, idosos, crianças e pessoas que já estejam com sua saúde comprometida merecem atenção especial.

Como prevenir o contágio?

Como o vírus é transmitido de pessoa a pessoa principalmente por meio da tosse ou espirro e de contato com secreções respiratórias daquelas já infectadas, alguns cuidados básicos de higiene podem ser tomados, como:

  • lavar bem as mãos frequentemente com água e sabão;
  • evitar tocar os olhos, boca e nariz após contato com qualquer superfície;
  • não compartilhar objetos de uso pessoal, incluindo alimentos, copos e toalhas;
  • cobrir a boca e o nariz com lenço descartável ao tossir ou espirrar.

Outras orientações são: evitar o uso de ar-condicionado, manter os ambientes arejados, com portas e janelas abertas, inclusive para reuniões. Pessoas com qualquer tipo de gripe devem evitar ambientes fechados e com aglomeração de pessoas.

Em todos os setores administrativos da Instituição serão disponibilizados frascos com álcool gel anti-séptico para a higiene das mãos. O gel é produzido pelo curso de Farmácia da Universidade e sua reposição será gerenciada pelo setor de Higiene Ambiental/Administração do Campus.

Recomendações para a volta às aulas

O Ministério da Saúde e o Ministério da Educação recomendam que os estudantes brasileiros com sintomas de gripe sigam orientações médicas e evitem retornar às atividades escolares até estarem completamente restabelecidos. A orientação tem como objetivo reforçar a prevenção contra a nova gripe, evitando assim que alunos infectados contagiem colegas. Professores e diretores de escolas também devem ficar atentos e orientar estudantes com sintomas a retornar às suas casas. Pais e responsáveis devem levar seus filhos aos postos de saúde ao consultório médico de confiança ao perceberem os primeiros sinais de uma gripe, que são febre repentina, tosse, coriza, dores musculares, nas articulações e dor de cabeça.

Acreditamos que com estas pequenas mudanças em nossa rotina, poderemos evitar e/ou reduzir o contágio aqui na Universidade e em nossas casas.

Mais informações sobre o vírus Influenza A (H1N1), podem ser obtidas no Portal do Ministério da Saúde (http://www.saude.gov.br) ou pelo Disque-Saúde – 0800 61 1997.

Informações: (11) 4366-5000 (Grande São Paulo) / Outras localidades: 0800 889 2222

Universidade Metodista de São Paulo

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , ,
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático