Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2008 / Novembro / PPI é lançado no Campus Vergueiro

PPI é lançado no Campus Vergueiro

18/11/2008 19h36

Paulo Barone, do MEC: "Educação deve não apenas formar, mas preparar"


O Projeto Pedagógico Institucional da Metodista (2008-2012) foi lançado hoje (18/11) em solenidade no Campus Vergueiro. Dentre as autoridades acadêmicas, estavam o Reitor, prof. Marcio de Moraes, o vice-reitor, prof. Clovis Pinto de Castro, a pró-reitora de Graduação, profa. Vera Gouvea Stivaletti, professores, diretores e coordenadores de curso, bem como representantes da Pastoral Universitária e o Núcleo de Artes. Como convidados especiais estavam presentes o presidente da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação/Ministério da Educação, prof. dr. Paulo Barone que falou sobre o atual cenário do ensino superior brasileiro e o recém-eleito prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho. 


O reitor prof. Marcio de Moraes abriu a cerimônia saudando a todos, ressaltando o trabalho coletivo para a construção do documento que apresenta 150 ações prioritárias até 2012. “O PPI deve ser considerado como uma bússola que orientará a nossa trajetória em todas as áreas da Instituição”. Após a saudação, o reitor recebeu Luiz Marinho, futuro prefeito de São Bernardo. “Nosso plano de governo inclui as universidades e acredito que a participação da Metodista seja estratégica para o desenvolvimento da região”, destacou Marinho, que ressaltou a importância do planejamento. “Devemos ampliar nos próximos quatro anos as parcerias com a Metodista”. 


Para a pró-reitora, profa. Vera Stivaletti o lançamento é extremamente significativo, pois o trabalho iniciado em 2006 envolveu várias reuniões e foi socializado entre os coordenadores para posterior aprovação do Consun (Conselho Universitário). “Quero ressaltar algumas premissas do PPI: a participação coletiva, a importância dos valores éticos e morais bem como os eixos norteadores que são a confessionalidade, o bem comum e a sustentabilidade”. Traçando um panorama da educação superior do Brasil, o prof. dr. Paulo Barone enfatizou a importância da iniciativa. “Precisamos pensar em modelos educacionais não verticalizados, que devem ser amplos para um mercado cheio de desafios”, destacou. “A educação deve construir indivíduos autônomos”.
 


Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: ,
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático