Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2008 / Novembro / Comprimidos de Cappuccino são produzidos pela Farmácia-Escola

Comprimidos de Cappuccino são produzidos pela Farmácia-Escola

10/11/2008

10/11/2008 16h56 - última modificação 10/11/2008 16h56

A IX Feira Cores e Sabores, que aconteceu no último dia 06 de novembro, trouxe com ela diversas novidades produzidas pelos alunos da Metodista, dentre elas estavam os comprimidos de Cappuccino produzidos pelos alunos do último semestre do curso de Farmácia, que realizam estágio na Farmácia-Escola. O comprimido que tem como composição uma mistura (1:1) de cappuccino e chocolate em pó, é produzido com a única finalidade de treinar os alunos a operar o equipamento (compressora) e conhecer propriedades importantes para o desenvolvimento de formulações de medicamentos, como fluidez e aderência dos pós. A idéia da distribuição dos comprimidos no evento foi da coordenadora do curso de Farmácia, profa. dra. Rita Heloísa da Costa Yoem e a idéia de se comprimir cappuccino iniciou-se quando a profa. Érica Cassiari trabalhava numa outra instituição.

 

“Durante o estágio no setor de sólidos, os alunos estavam comprimindo glibenclamida e uma aluna me questionou por que não poderia levar os comprimidos para a casa, pois na Universidade seriam futuramente jogados fora e a avó fazia uso do medicamento. Na ocasião expliquei os motivos da proibição e então eles me perguntaram se não poderiam produzir algo que pudessem realmente utilizar! Disse então que somente poderiam levar algo comestível, ou seja, que não fosse dotado de ação farmacológica ou terapêutica. Iniciou-se uma discussão do que poderia ser comprimido e que ficaria "gostoso". Dei uma idéia dos tipos de pós-comestíveis que provavelmente poderiam ser compressíveis e então desenvolvemos vários tipos de comprimidos: leite ninho com quick de morango, leite ninho com café, leite ninho com chocolate, entre outros, e o que mais agradou aos alunos foi o de cappuccino e chocolate”, conta Érika.

 

Para profa. de Farmácia essa iniciativa tornou mais prazeroso para os alunos a incorporação ao estágio na Farmácia-Escola, além dos medicamentos de rotina, comprimidos como os de cappuccino. “Os alunos ficaram bastante empolgados ao saber que esse lote seria para distribuir no evento, eles gostam bastante quando conseguem visualizar um destino para as formulações que eles desenvolvem, como também os itens que produzimos para o Hospital Veterinário e para a Universidade”, afirma a professora.

 

Ainda não está confirmada a possibilidade de produção. Quanto à restrição ao consumo Érika afirma que seria a mesma de tomar capuccino. Para que a dose cause algum tipo de desconforto, seria necessário a ingestão de muitos e muitos comprimidos e os efeitos colaterais: “ São os mesmos de se tomar um capuccino, não é capaz de deixar a pessoa com mais energia, porém existem pessoas que se mostram extremamente sensíveis a cafeína, podendo nesses casos terem uma redução da sonolência se utilizarem o produto perto da hora de dormir”.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático