Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2008 / Novembro / Abertura do 6º SBPJor destaca importância do jornalismo e pesquisa

Abertura do 6º SBPJor destaca importância do jornalismo e pesquisa

20/11/2008

20/11/2008 11h17 - última modificação 20/11/2008 11h55

Encontro reúne mais de 300 pesquisadores (Foto: Mônica Rodrigues)

A abertura do 6º Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo, que ocorreu na noite desta quarta-feira (19) no auditório Sigma, na Universidade Metodista de São Paulo, teve a participação do vice-reitor da Universidade, professor Clovis de Casto, do presidente da SBPJor, Carlos Franciscato, do coordenador local do Encontro e do PósCom, professor Sebastião Squirra, do representante da CNPq, professor Juremir Machado da Silva, do presidente do Fórum Nacional dos Professores de Jornalismo, professor Édson Spenthof, e da diretora da Federação Nacional dos Jornalistas, Valci Zuculotto.

 No discurso de abertura dos integrantes da mesa, o vice-reitor da Universidade, Clovis de Castro, ressaltou a importância do evento, lembrando que a área do Jornalismo enfrentou muitos desafios na época da ditadura e que a imprensa foi de extrema importância para o início do processo democrático no país. “O fortalecimento desse processo ainda está engatinhando, mas foi a área de Comunicação que auxiliou o país a entrar nele”, disse.

 Já o professor Sebastião Squirra, diretor da Faculdade de Comunicação Multimídia e coordenador local do 6º Encontro, agradeceu a confiança da SBPJor em permitir que a Universidade Metodista promovesse o evento. “Este ano o curso de pós-graduação da Metodista está completando 30 anos e é uma feliz coincidência reunir este evento aqui”.

A representante da Fenaj, Valci Zuculotto, explicou que o presidente da entidade, Sérgio Murillo de Andrade, não pôde comparecer ao evento por causa de uma reunião no Ministério do Trabalho. “Gostaria de ressaltar que o encontro é importante ainda mais neste momento em que se discute a regulamentação do diploma para o exercício da profissão de jornalista, que é justamente o tema da reunião que o Sérgio está participando em Brasília”.

 O presidente do Fórum Nacional dos Professores de Jornalismo, Édson Spenthofr, reforçou a questão do diploma. Segundo ele, preciso que haja um engajamento muito forte, principalmente das instituições de ensino, na defesa da questão. “Precisamos lutar pela regulamentação do diploma”, afirmou.

 O presidente da SBPJor, Carlos Franciscato, encerrou os trabalhos de abertura da mesa lembrando que o Jornalismo é de extrema importância na área social, tanto do ponto de vista profissional e quanto cientifico. Segundo ele, a construção teórica e metodológica no campo da pesquisa em Jornalismo deve ser o objetivo das instituições de ensino. “É com esse objetivo que a SBPJor tem apoiado desde as primeiras discussões à criação da Federação Brasileira das Associações Cientificas e Acadêmicas da Comunicação”, concluiu.

 

Palestra - O pesquisador argentino Silvio Waisbord (School of Media and Public Affairs The George Washington University, EUA), proferiu na noite desta quarta-feira a palestra de abertura. Em sua apresentação, intitulada “Modelos de Jornalismo na América Latina”, ele questionou o papel da imprensa no continente. “A imprensa latino-americana tem um legado histórico de relações fortes com o Estado e o mercado e relações fracas com a sociedade civil. As principais conseqüências dessa situação é que acaba excluindo números significativos de cidadãos do processo de reflexões críticas e perpetua a exclusão social que ignora interesses da maioria, por exemplo”.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: ,
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático