Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2008 / Novembro / Abertura do 6º SBPJor destaca importância do jornalismo e pesquisa

Abertura do 6º SBPJor destaca importância do jornalismo e pesquisa

20/11/2008

20/11/2008 11h06

A abertura do 6º Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo, que ocorreu na noite desta quarta-feira (19) no auditório Sigma, na Universidade Metodista de São Paulo, teve a participação do vice-reitor da Universidade, professor Clovis de Casto, do presidente da SBPJor, Carlos Franciscato, do coordenador local do Encontro e do PósCom, professor Sebastião Squirra, do representante da CNPq, professor Juremir Machado da Silva, do presidente do Fórum Nacional dos Professores de Jornalismo, professor Édson Spenthof, e da diretora da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Valci Zuculotto.

 No discurso de abertura dos integrantes da mesa, o vice-reitor da Universidade, Clovis de Castro, ressaltou a importância do evento, lembrando que a área do Jornalismo enfrentou muitos desafios na época da ditadura e que a imprensa foi de extrema importância para o início do processo democrático no país. “O fortalecimento desse processo ainda está engatinhando, mas foi a área de Comunicação que auxiliou o país a entrar nele”, disse.

Já o professor Sebastião Squirra, diretor da Faculdade de Comunicação Multimídia e coordenador local do 6º Encontro, agradeceu a confiança da SBPJor em permitir que a Universidade Metodista promovesse o evento. “Este ano o curso de pós-graduação da Metodista está completando 30 anos e é uma feliz coincidência reunir este evento aqui”.

A representante da Fenaj, Valci Zuculotto, explicou que o presidente da entidade, Sérgio Murillo de Andrade, não pôde comparecer ao evento por causa de uma reunião no Ministério do Trabalho. “Gostaria de ressaltar que o encontro é importante ainda mais neste momento em que se discute a regulamentação do diploma para o exercício da profissão de jornalista, que é justamente o tema da reunião que o Sérgio está participando em Brasília”.

 O presidente do Fórum Nacional dos Professores de Jornalismo, Édson Spenthofr, reforçou a questão do diploma. Segundo ele, é preciso que haja um engajamento muito forte, principalmente das instituições de ensino, na defesa da questão. “Precisamos lutar pela regulamentação do diploma”, afirmou.

 Carlos Franciscato, presidente da SBPJor, encerrou os trabalhos de abertura da mesa lembrando que o Jornalismo é de extrema importância na área social, tanto do ponto de vista profissional e quanto cientifico. Segundo ele, a construção teórica e metodológica no campo da pesquisa em Jornalismo deve ser o objetivo das instituições de ensino. “É com esse objetivo que a SBPJor tem apoiado desde as primeiras discussões à criação da Federação Brasileira das Associações Cientificas e Acadêmicas da Comunicação”, concluiu.

 

Palestra - O pesquisador argentino Silvio Waisbord (School of Media and Public Affairs The George Washington University, EUA), proferiu na noite desta quarta-feira a palestra de abertura. Em sua apresentação, intitulada “Modelos de Jornalismo na América Latina”, ele questionou o papel da imprensa no continente. “A imprensa latino-americana tem um legado histórico de relações fortes com o Estado e o mercado e relações fracas com a sociedade civil. As principais conseqüências dessa situação é que acaba excluindo números significativos de cidadãos do processo de reflexões críticas e perpetua a exclusão social que ignora interesses da maioria, por exemplo”.

Comunicar erros


Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático