Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2007 / Outubro / Oficina de linguagem para TV Digital terminou na sexta-feira (05/10)

Oficina de linguagem para TV Digital terminou na sexta-feira (05/10)

05/10/2007 21h06 - última modificação 08/10/2007 12h50

O professor Luís Gustavo orienta aluna (Foto: Mônica Rodrigues)

A Oficina de Capacitação do Software Ginga, que começou no dia 25 de setembro, se encerra nesta sexta-feira (05/10). O curso foi ministrado para 20 alunos ligados a ONGs e à Radio Heliópolis que conheceram o Ginga, programa que é a plataforma padrão do sistema brasileiro de TV digital, que vai ter suas primeiras transmissões no País no dia 2 de dezembro.

 

As aulas foram orientadas por Valdecir Becker, que leciona na disciplina Lato Sensu “Produção para TV Digital”, e Luís Gustavo Alves, professor de Biologia do Colégio Metodista. Segundo Becker, o objetivo dos alunos para o curso – elaborar programas interativos para televisão digital – foi totalmente atingido e eles tendem a entrar em um área promissora.

 

“O mercado está começando a contratar profissionais desse perfil. Algumas emissoras de TV irão colocar programas interativos no ar já em dezembro, o que significa que há profissionais elaborando esses programas. Para o ano que vem, essa demanda deve estourar”.

 

Um dos alunos, Diego Almeida de Souza, de 17 anos, está bastante animado com o conhecimento adquirido na Oficina: “atingi minha meta de aprender a dominar as ferramentas do programa. O professor Luís me disse que a TV Digital vai mudar o mercado e unir as pessoas. Tomara que isso aconteça.” O estudante também pretende seguir na área e vai prestar o vestibular ainda neste ano para Rádio e TV na Metodista.

 

Para Paulo Bessa, Pró-Reitor de Extensão e Assuntos Comunitários, atividades como o curso fazem com que a Universidade atinja seu papel social. “A Oficina permitiu a inclusão para estudantes de uma parcela da população que muitas vezes não teria acesso a essas informações. Agora, eles podem multiplicar esse conhecimento adquirido”, ressaltou o Pró-Reitor, para quem, desta forma, a universidade se aproxima da sociedade e ajuda partes vulneráveis da comunidade.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , ,
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático