Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2006 / 09 / Metodista apóia a 25ª Mostra de Cinema Brasileiro

Metodista apóia a 25ª Mostra de Cinema Brasileiro

27/09/2006 12h15

A Universidade Metodista de São Paulo apóia, culturalmente, a 25ª Mostra de Cinema Brasileiro, realizada pela prefeitura de São Bernardo, em parceria com a Secretaria de Educação e Cultura. O evento consagrado como o mais tradicional no município, teve sua primeira edição na década de 70.

Hoje (27/09),às 20h, será realizada, no Teatro Cacilda Becker, uma Mesa com diretor Luiz Alberto Pereira (Gal), discutindo aspectos da produção e da pós-produção digital em alta definição data 2k. A mesa será coordenada por José Augusto De Blasiis, coordenador do curso de Cinema Digital da Universidade Metodista de São Paulo.


Mostra de Cinema Brasileiro – Histórico

Durante todos esses anos, apesar das dificuldades sociais, políticas e econômicas pelas quais passaram o país, que motivaram inclusive hiatos na realização da Mostra, a Prefeitura trouxe o que de mais importante se produziu na cinematografia nacional, dando um panorama extenso da história da produção brasileira.

Em finais da década de 90, a Mostra assume um caráter mais completo quando passa a realizar, paralelamente às exibições dos filmes, atividades de informação e formação cinematográfica : cursos, exposições, palestras e workshops com produtores, cineastas e profissionais de cinema deram um impulso na produção local e beneficiaram milhares de munícipes interessados na linguagem.

Hoje, a Mostra de Cinema Brasileiro de São Bernardo do Campo integra a relação de mais de 100 mostras e festivais brasileiros catalogados pelo Guia de Festivais, e há anos faz parte do circuito de interesse de produtores e especialistas em cinema pelo Brasil. Da programação da Mostra já participaram críticos como Jean-Claude Bernardet, Ismail Xavier, Leon Cakoff, Luiz Zanin Oricchio e Maria do Rosário Caetano, cineastas como Carlos Reichenbach, Toni Venturi, Beto Brant, Ugo Giorgetti e Eliane Caffé e inúmeros técnicos, atores e realizadores brasileiros. Nesta Mostra, além do painel com 10 produções em longas metragens, serão exibidos curtas metragens em parceria com a Mostra do Audiovisual Paulista e palestras sobre o cinema de Humberto Mauro, acompanhadas da exibição de seus filmes.

Uma exposição retrospectiva e comemorativa das vinte e cinco edições acontecerá no Teatro Cacilda Becker e na Biblioteca Malba Tahan.


PALESTRAS SOBRE CINEMA DIGITAL


Setembro:

27/09 (quarta), às 20h
TAPETE VERMELHO - DA PRODUÇÃO À PÓS-PRODUÇÃO
Mesa com diretor Luiz Alberto Pereira (Gal), discutindo aspectos da produção e da pós-produção digital em alta definição data 2k. A mesa será coordenada por José Augusto De Blasiis da Casablanca/Teleimage e coordenador do curso de Cinema Digital da Universidade Metodista.

Local: Teatro Cacilda Becker - Paço Municipal – Pça Samuel Sabatini – Centro


Filmografia do Diretor:

Tapete Vermelho (2005)
Hans Staden (1999)
Efeito Ilha, O (1994)
Operação Brasil (1985)
Jânio a 24 Quadros (1981)

Outubro:


26/10 – quinta – 19h
AULA MÁSTER - O QUE É O CINEMA DIGITAL
Aula prática/exibição de todo o worflow de uma produção em Cinema Digital, abordando técnicas tangíveis de execução com equipamentos de captação e de edição digital. Levando em conta a acessibilidade para realizadores de baixo custo, os profissionais demonstrarão os caminhos de uma produção possível dentro do universo do “home cinema”, e suas alternativas de veiculação.

A aula será ministrada pelo coordenador do curso de Cinema Digital José Augusto De Blasiis, tendo a participação de alunos do curso de cinema e profissionais da Agência Multimidia da Facom. Local: Biblioteca Malba Tahan (Rua Helena Jacquey, 208, Rudge Ramos, Telefone: 4368-1010)


Mais informações:
Faculdade de Comunicação e Multimídia – 4366-5881
Departamento de Cultura da Prefeitura de SBC: (011) 4123-9182 ou 4332-8052
Comunicar erros


Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático