Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2006 / 02 / 24 / Seminário interno discute os desafios de EAD na Metodista

Seminário interno discute os desafios de EAD na Metodista

Com o objetivo de apresentar o projeto de EAD (Educação a Distância) e discutir os desafios institucionais que ele representa para a Metodista, diretores, professores, coordenadores e gerentes se reuniram no dia 21 de fevereiro no Edifício Capa em um seminário interno. O encontro, conduzido pelo CEAD, foi uma iniciativa da reitoria, que participou de todas as discussões. A Secretaria Acadêmica, a Diretoria de Tecnologia e Informação e a Diretoria Financeira também contribuíram no debate.

24/02/2006 20h25 - última modificação 16/03/2007 18h18

Com o objetivo de apresentar o projeto de EAD (Educação a Distância) e discutir os desafios institucionais que ele representa para a Metodista, diretores, professores, coordenadores e gerentes se reuniram no dia 21 de fevereiro no Edifício Capa em um seminário interno. O encontro, conduzido pelo CEAD, foi uma iniciativa da reitoria, que participou de todas as discussões. A Secretaria Acadêmica, a Diretoria de Tecnologia e Informação e a Diretoria Financeira também contribuíram no debate.



O professor Davi Barros, reitor da Metodista e diretor-geral do IMS, destacou a necessidade de quebra de paradigmas diante do novo contexto de EAD. “Quando abrimos o campus Vergueiro, em 1999, ninguém imaginava que cursos quisessem se instalar lá, e quem foi ficou satisfeito; em seguida, foi a vez do campus Planalto. Se não quebrássemos o paradigma de nos basear apenas no campus Rudge Ramos, talvez tivéssemos sido engolidos pela concorrência”, lembrou.


O reitor também chamou a atenção para quão desafiador tem sido o cenário educacional hoje, daí a necessidade de diversificar as possibilidades. “Os cursos de Graduação Tecnológica, lançados este ano, são um exemplo disso, assim como é a EAD”, ressaltou, acrescentando que “trata-se de uma decisão institucional da qual não podemos abrir mão”.


O vice-reitor acadêmico, Clovis Pinto de Castro, para quem EAD é um grande mutirão e deve alcançar a todos, acredita que a Metodista reúne muito boas condições para desenvolver esse projeto. Ele citou que têm sido significativos os investimentos em tecnologia, bem como tem havido a preocupação da instituição em capacitar docentes para essa nova realidade educacional.

“É muito importante que todos entendamos que EAD não é um projeto de uma área da Metodista, mas de toda a instituição, e isso deve estimular cada um, com sua capacidade e disposição, a contribuir com ele”, reforçou o vice-reitor administrativo, Marcio de Moraes.



No mesmo dia do seminário, outra reunião discutiu também a temática de direitos autorais no contexto de EAD.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático