Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2004 / 02 / 19 / Seletiva de Handebol da Metodista recebe mais de 400 candidatos

Seletiva de Handebol da Metodista recebe mais de 400 candidatos

Mais de 400 crianças e adolescentes participaram da Seletiva da Handebol realizada pela Escola de Esportes da Universidade...

19/02/2004 20h28 - última modificação 10/03/2006 15h51

Mais de 400 crianças e adolescentes participaram da Seletiva da Handebol realizada pela Escola de Esportes da Universidade Metodista de São Paulo, entre os dias 09 e 14 de fevereiro. Os testes aconteceram no Ginásio de Esportes da Universidade e no Baetão.

“Nós cadastramos todas as crianças interessadas pelo projeto e a “peneira” serve para separá-las por faixa etária e encaminhá-las para as unidades adequadas ao nível técnico de cada uma”, explicou Alberto Rigolo, coordenador da Escola de Esportes da Metodista. Rigolo destaca que o principal objetivo do projeto é contribuir para a conquista da cidadania entre os alunos. A Escola de Esportes oferecia 120 novas vagas para as atividades neste primeiro semestre de 2004. “Como tivemos uma grande procura, estamos buscando outros espaços físicos para realizar as atividades e abrir mais turmas”, comentou Rogério Toto, supervisor do projeto. Os alunos classificados neste primeiro momento já começaram os treinos, nas unidades Metodista e Baetão da Escola de Esportes. Em duas turmas, ainda existem vagas disponíveis: Masculino, de 11 a 14 anos – às segundas e quartas, às 8h30, no Baetão, com o Prof. Maurício M. Toto; Feminino, de 11 a 14 anos – às terças e quintas, às 8h30, no Baetão, com o Prof. Alexandre Régis Silva. Todas as crianças que participaram da seletiva foram cadastradas e, na medida em que a Metodista conseguir espaço para as atividades, elas serão chamadas, de acordo com as novas vagas disponíveis. A Escola de Esportes da Metodista Além do objetivo de ensinar handebol, esporte no qual as equipes da Metodista se destacam, a Escola de Esportes tem como meta tirar jovens e adolescentes da ociosidade, contribuindo para sua formação educacional, uma vez que o respeito hierárquico e disciplinar está firmemente associado à prática esportiva. O projeto mantém cinco unidades, localizadas na região do Grande ABC e de São Paulo, e conta também com a parceria de empresas da região do ABC e da Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo, por meio da Secretaria Municipal de Esportes.

As atividades da Escola de Esportes começaram em 1993 e, desde então, têm proporcionado a crianças e adolescentes da região metropolitana de São Paulo um processo de reintegração como cidadãos, além da complementação da atividade escolar através de práticas educacionais/esportivas. Atualmente, a Metodista mantém o projeto com o apoio de órgãos públicos e da Refinaria de Capuava, acompanhando cerca de 1000 alunos. Os resultados alcançados já começaram a ser reconhecidos. Em 2000, a Escola de Esportes da Metodista foi premiada pela ADVB - Associação dos Dirigentes de Venda e Marketing do Brasil - com o Prêmio TOP SOCIAL, por sua relevância, seriedade e qualidade. Outras conquistas vêm também pela descoberta de talentos para os times de competição da própria Metodista e das Seleções Brasileiras.
Comunicar erros


Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático