Você está aqui: Página Inicial / Programa Ela Pode treina mulheres de 25 a 50 anos que querem empreender

Programa Ela Pode treina mulheres de 25 a 50 anos que querem empreender

Curso gratuito no campus Vergueiro teve apoio da Incubadora Mondó

21/11/2019 20h03

Curso gratuito no campus Vergueiro teve apoio da Incubadora Mondó

Muitas querem estar à frente do próprio negócio, outras já têm empresas e buscam formas de fortalecimento e outras ainda sonham em mudar de carreira para algo totalmente diferente. Os sentimentos e desejos são vários, mas o que une as quase duas dezenas de mulheres reunidas no programa Ela Pode, em parceria com a Incubadora Mondó, é a vontade de empreender.

Elas participaram na semana de 18 a 22 de novembro do curso gratuito promovido no campus Vergueiro da Universidade Metodista de São Paulo pela Rede Mulher Empreendedora, em associação com Google e a incubadora da Umesp. “Temos uma professora que quer investir nela mesma, uma fotógrafa e outra que quer fazer coach. O grupo é variado também na idade, indo de 25 a 50 anos”, conta a multiplicadora do Ela Pode que conduziu o treinamento, Danielle Maestrelo.

Muitas estão estudando o mercado, para então tomar uma decisão mais assertiva. O curso busca desenvolver nas mulheres habilidades importantes em empreendedorismo e empregabilidade, entre as quais finanças, networking, negociação, comunicação, liderança, marca e promoção por meios digitais. “Trabalhamos em um módulo sobre autoestima para mostrar que todas têm capacidade, que mulher não deve se acomodar em ser o segundo salário da família ou sequer ter uma profissão”, afirmou Danielle.

Moda curves

Aos 46 anos e formada em tecnologia têxtil e em negociação em moda, Feliciana Nogueira é coordenadora do Itescs (Instituto de Tecnologia de São Caetano) e planeja montar uma plataforma de e-commerce de moda curves (de tamanhos personalizados). Depois de atuar por 12 anos com tecidos e roupa fitness na Feira da Madrugada na Capital, ela viu o negócio se abater com a mudança de local e a obrigatoriedade de legalização dos comerciantes. Encerrou o negócio em 2016.

“Vivemos em outra realidade e vejo como estou atrasada em relação ao digital. Penso numa plataforma all size (todas as numerações) como representante multimarcas”, relata Feliciana, que já negocia parcerias com fornecedores.

Ela Pode é uma iniciativa do Instituto Rede Mulher Empreendedora cujo objetivo é capacitar com cursos gratuitos brasileiras sobretudo em situação de vulnerabilidade, garantindo independência financeira e poder de decisão sobre seus negócios e vidas. Podem participar mulheres a partir de 16 anos. Não há exigência de escolaridade e há certificado para quem acompanhar 80% das aulas.

 

 

Esta matéria foi publicada no Jornal da Metodista.
Conheça Outras.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , ,