Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Entender o cliente é fundamental para entregar produto certo, explica palestrante a empreendedores

Entender o cliente é fundamental para entregar produto certo, explica palestrante a empreendedores

Especialista fala sobre “Metodologias Ágeis de Projetos” em evento da Mondó-Metô XP

10/09/2018 17h15 - última modificação 10/09/2018 17h40

Thiago Vito mostrou que Kanban e Scrumb são as metodologias ágeis mais usadas hoje (Fotos Malu Marcoccia)

Nem sempre uma reta é o caminho mais curto entre dois pontos. Se depender do desenvolvimento de softwares, há altos e baixos que levam 70% dos projetos ao fracasso. Pelo menos metade disso se deve a erros de estimativa, descumprimento de data de entrega e objetivos não claros, conforme pesquisa do PMI Group.

“Entre o que o cliente pede e a entrega do produto, há muitas variáveis, principalmente problemas de comunicação para entender o que esse cliente de fato solicitou”, resume Thiago Vito, mestre em Gerenciamento de Projetos pela University of Sidney, na Austrália, e selecionador de projetos da Incubadora Mondó, da Universidade Metodista de São Paulo.

Thiago falou sobre “Metodologias Ágeis de Projetos” dentro das palestras do projeto Metô XP-Jeito Startup de Ser e explicou que criar empatia com o cliente, fazendo-o interagir ao longo do desenvolvimento do produto encomendado, é grande passo para evitar desvios no caminho e ser ágil na finalização. Ao contrário, o chamado processo em cascata, em que partes sem valor agregado vão sendo preparadas e o cliente só conhece seu produto na entrega, tem grandes possibilidades de insucesso.

“Imaginem receber a solicitação de alguém que quer se locomover. Pela metodologia ágil, entrego primeiro um skate, depois um patinete, seguido de uma bicicleta e uma moto, para então finalizar com um carro. Vou agregando valor aos poucos até a entrega do veículo e meu cliente, enquanto isso, tem uma maneira de se deslocar. Pelo método cascata, começaria com uma roda, depois colocaria o eixo, a seguir a carroceria e enfim teria o carro. Meu cliente só receberia o veículo ao final de um processo”, exemplificou Thiago Vitor, reforçando que as etapas da metodologia ágil permitem ao cliente flexibilidade e até rever um projeto enquanto se desenvolve.

Funcionalidades

Scrum e Kanban são as metodologias ágeis mais usadas hoje. São frameworks (soluções para uma família de problemas semelhantes) que permitem trabalhar “em pedaços” ou “post-it” os fluxos necessários para concluir um projeto. Para isso, o time desenvolvedor deve estar coeso em torno de pelo menos quatro etapas básicas de cada funcionalidade de um produto: requisito, design, desenvolvimento e teste final.

Thiago Vito fez vários exercício e interações com o público para mostrar como agregar o maior valor para um negócio no menor tempo possível. Mostrou como estimar os esforços das tarefas atribuindo pontos à velocidade do time e notas às dificuldades que um projeto exibe. Também ensinou que para cada atividade deve-se levar em conta o risco, a repetição do trabalho, a complexidade e a relatividade.

"Metodologias Ágeis de Projetos" é um dos temas de capacitação do programa “Jeito Startup de Ser” que a Mondó promove gratuitamente para quem deseja criar uma empresa iniciante de tecnologia. O encontro com Thiago Vito foi realizado na noite de 6 de setembro último com abertura do coordenador da Mondó, professor Antero Matias.

Leia mais:
Mondó promove palestras e consultoria gratuita para novos empreendedores
DCI divulga programação de palestras da Mondó

Veja imagens do encontro em 6 de setembro:

 Palestra sobre Metodologias Ágeis de Projetos, com Thiago Vito, promoção da Incubadora Mondó e Metodista XP

Esta matéria foi publicada no Jornal da Metodista.
Conheça Outras.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , , ,