Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Matemática / Notícias / XIV Olimpíada Brasileira de Matemática premia os melhores em clima de apreensão com cortes na pesquisa

XIV Olimpíada Brasileira de Matemática premia os melhores em clima de apreensão com cortes na pesquisa

Provas e premiação são conduzidas pela Metodista em duas regiões do Estado

04/09/2019 19h50 - última modificação 04/09/2019 20h18

Provas e premiação são conduzidas pela Metodista em duas regiões do Estado

Em clima que misturou alegria pela conquista de medalhas e apreensão com o futuro da pesquisa no Brasil devido aos cortes no orçamento federal que não pouparam a Educação, a cerimônia regional da XIV Olimpíada Brasileira de Matemática em Escolas Públicas lotou mais uma vez o Cenforpe de São Bernardo.

Mais de 1.500 participantes entre medalhistas e convidados aplaudiram os melhores talentos paulistas em números e cálculos, em homenagem na tarde de 18 de agosto que teve coordenação do curso de Matemática da Universidade Metodista de São Paulo.

Entre Ouro, Prata e Bronze, 806 medalhistas de três regiões do Estado foram premiados pela OBMEP-Edição de 2018. Duas regiões foram coordenadas pelos professores da Metodista Débora Bezerra e Marcelo Modolo. Coube à professora Ana Catarina Hellmeister, da Universidade de São Paulo (USP) e à frente da olimpíada na Capital, o discurso de incentivo aos jovens, mas lamentando a supressão de bolsas que o Brasil vem sofrendo e o quanto isso pode prejudicar os alunos.

Professora Ana Catarina citou o exemplo das trigêmeas do Espírito Santo Fábia, Fabíola e Fabiele Lotério, medalhistas em 2014 e hoje com 19 anos, que tiveram suspensas as bolsas do CNPq na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). As três foram contempladas com o Programa de Iniciação Científica e Mestrado (PICME), que concede R$ 400 por mês para quem faz pesquisa acadêmica. A bolsa é uma parceria entre a OBMEP e o CNPq. Quando adolescentes, Fábia, Fabíola e Fabiele estudaram com dificuldades em distrito capixaba de Santa Leopoldina onde sequer havia sinal de internet. Hoje estão em Vitória.

A cerimônia no Cenforpe (Centro de Formação de Profissionais de Educação de São Bernardo do Campo) também contou com João dos Santos representando a Secretaria de Estado de Educação, além do secretário-adjunto de Educação de São Bernardo, Marcelo Reis. A banda Lady Noia animou a programação musical.

Confira as imagens da premiação da OBMEP 2018/19.
Leia mais: XIV Olimpíada Brasileira de Matemática premia ganhadores regionais em 18 de agosto

 

Esta matéria foi publicada no Jornal da Metodista.
Conheça Outras.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , ,

DEBORA BEZERRA - COORDENADORA
Débora Bezerra
Veja o minicurrículo

 

Receba informações de oferecimento sobre esse curso:

X