Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Matemática / Notícias / Olimpíada de Matemática: sonhos diferentes, habilidade igual com números

Olimpíada de Matemática: sonhos diferentes, habilidade igual com números

Foram 3.657 inscritos na primeira fase. Segunda etapa ocorre em 17 de outubro

01/06/2015 21h35 - última modificação 08/06/2015 12h03

Beatriz, 15 anos, quer seguir na área de Medicina, José Victor, 17, planeja carreira na Engenharia ou Mecânica Automotiva, e Douglas, também com 17 anos, quer ser pesquisador em qualquer ramo do conhecimento onde haja Matemática aplicada. Sonhos diferentes, trajetórias distintas, mas algo em comum: o gosto em lidar com números e fórmulas.

Beatriz Marques de Brito, José Victor Izidoro Ferreira e Douglas de Araujo Smigly são três das centenas de jovens talentos que participaram da 1ª fase deste ano da Olimpíada de Matemática do Grande ABC, realizada na Universidade Metodista de São Paulo dia 30 último. Os três são veteranos experientes na disputa, pois acumulam medalhas em competições diversas. Compartilharam uma tarde rica no exercício do conhecimento com outros jovens iniciantes que não temeram testar as habilidades com o fascinante mundo dos cálculos.

A rotina não foi tão extenuante como em dia de vestibular, mas momentos de expectativa e de friozinho na barriga se alternaram junto aos mais de 3,6 mil inscritos na 12ª Olímpiada de Matemática da região (OMABC). A chegada em grupos de escolas, em companhia dos pais ou simplesmente sozinho tornou a tarde colorida e animada. Com os portões abertos às 13h, todos correram para conferir a lista de nomes afixada logo à entrada do campus Rudge Ramos e os locais de provas, espalhados por vários prédios.

“Como gosto muito da área, eu penso Matemática 24 horas por dia. Tudo eu transformo em números, em possibilidade de racionalizar e pesquisar”, responde Douglas Smigly, da 3ª série do Ensino Médio do Colégio Termomecânica de São Bernardo, sobre sobre sua dedicação complementar de estudos, fora das aulas regulares.

“A gente é normal. Saímos com amigos, vamos ao shopping, e hora de estudar, estudamos”, acrescenta Beatriz Brito, do 2º ano do Ensino Médio do Colégio Ábaco. “Claro que depois das aulas faço uma revisão de matérias”, confessa José Victor, do Colégio Jardim de Santo André.

José Victor está atrás da primeira Medalha de Ouro, ele que soma 4 pratas, 2 bronzes e 2 menções honrosas em Olimpíadas de Matemática e Astronomia. Acha que herdou do avô o dom por desenhos e engenharia.

Beatriz corre nessa seara desde os 8 anos de idade e exibe pelo menos 21 medalhas entre Ouro, Prata e Bronze em competições de matemática, física, biologia, química e astronomia, integrando inclusive a Seleção Brasileira na Olimpíada Internacional de Astronomia (como reserva) e está na seletiva da Internacional de Biologia. No ano passado foi Prata na Olimpíada de Ciência Junior na Argentina, orgulhando os pais mestres de Física e Matemática.

Já Douglas confessa ser amante de números desde que ganhou, no 6º ano do Ensino Fundamental, uma coleção de livros da professora. “Isso me despertou a querer saber sempre mais do que já havia aprendido”, diz ele, que perdeu a conta das medalhas em física, matemática, biologia e química. “São mais de 30”, sorri, após um momento pensativo.

OlimpiadaMatematicaFase1Maio2015Beatriz.jpg
Beatriz Brito
     
OlimpiadaMatematicaFase1Maio2015Victor.jpg
José Victor Ferreira
     
OlimpiadaMatematicaFase1Maio2015Douglas.jpg
Douglas Smigly
   

Segunda fase em 17 de outubro

Exatos 3.657 alunos se inscreveram para a edição 2015 da Olimpíada de Matemática do Grande ABC, cuja segunda e última fase ocorre em 17 de outubro, também das 14 às 17h.

Na primeira etapa as questões foram de múltipla escolha. Na segunda, os alunos terão que resolver questões discursivas. A correção das provas está a cargo do curso de Matemática da Faculdade de Exatas e Tecnologia da Metodista. A competição tem como patrocinadores a Olimpíada Brasileira de Matemática e o CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico).

Participam da OMABC alunos de escolas públicas e particulares do Ensino Médio e Fundamental (a partir do 6º ano) de escolas das sete cidades do Grande ABC, além de alunos que concluíram o Ensino Médio em 2014 e ainda não ingressaram no Ensino Superior.

     

OlimpiadaMatematicaFase1Maio20153jpg.jpg
Tarde animada, mas de expectativa
 

Níveis   

Os alunos estão divididos em quatro níveis, conforme o ano que cursam em suas escolas. A competição consiste de duas provas em cada nível, nas quais os alunos demonstram sua capacidade na resolução de problemas.


• Nível I - Ensino Fundamental - 6º ano e 7º ano
• Nível II - Ensino Fundamental - 8º ano e 9º ano
• Nível III - para matriculados no 1º ou 2º ano do Ensino Médio
• Nível IV - para alunos matriculados no 3º ano do Ensino Médio ou que tenham concluído Ensino Médio há menos de um ano e não ingressaram em nenhum curso superior.

Serão oferecidas medalhas de Ouro, Prata e Bronze, além de prêmios aos que obtiverem as melhores pontuações na segunda fase. Todas as escolas contempladas com alunos premiados receberão Certificado de Congratulação e será oferecido um curso aos seus professores de Matemática.

12ª Olimpíada de Matemática da Universidade Metodista de São Paulo

Local - Faculdade de Exatas e Tecnologia da Universidade Metodista de São Paulo, Rua do Sacramento, 230, Rudge Ramos - São Bernardo

Primeira fase: 30 de maio, das 14h às 17h. Confira o gabarito da primeira fase

Segunda fase: 17 de outubro, das 14h às 18h.

Mais informações - (11) 4366-5886 ou e-mail omabc@metodista.br

 

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , ,

DEBORA BEZERRA - COORDENADORA
Débora Bezerra
Veja o minicurrículo

 

 matem├бtica.jpg

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: