Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Jornalismo / Notícias / Rudge Ramos Jornal ganha "cara" nova

Rudge Ramos Jornal ganha "cara" nova

31/10/2014 18h43


Do Rudge Ramos Online*

O “Rudge Ramos Jornal” está de cara nova. A edição de número 1027, de 23 de outubro a 05 de novembro, estreia o novo projeto gráfico do jornal, que é pautado, produzido e editado por alunos de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo, com a supervisão de professores do curso.

A partir desta edição, o RRJ circula totalmente colorido, em novo formato e com novos tamanho e fonte das letras, com o objetivo de facilitar o manuseio e a leitura. Além de editado totalmente em cores, as fotos estão sendo publicadas em tamanho maior.

“É uma tendência mundial. As fotos também contêm informação para o leitor. Em razão disso, é importante ampliá-las e desafiar os alunos a obterem as melhores imagens em suas apurações”, afirmou a professora doutora Margarete Vieira, editora do RRJ.

Confira as transformações do Rudge Ramos Jornal, que hoje tem 34 anos de história:

Rudge Ramos Jornal ganha cara nova
Primeira edição do jornal, em 1980, foi no tamanho A4

Rudge Ramos Jornal ganha cara nova
Uma das capas de 2005 teve três datas comemorativas: aniversários de São Bernardo, do RRJ e da Metodista

Rudge Ramos Jornal ganha cara nova
Em agosto de 2007, o tablóide tomou conta do RRJ

Quanto ao formato, antes produzido em tamanho tabloide, com aproximadamente 29,7 cm de altura por 25,4 cm de largura, o jornal está um pouco maior, no chamado padrão germânico, com cerca de 36 cm de altura por 25,4 cm de largura, propiciando publicar mais textos e ampliar as imagens. Essa dimensão é adotada por vários jornais brasileiros e também de outros países.

“O objetivo principal desse novo projeto gráfico e editorial foi tornar a leitura do RRJ mais agradável. Mesmo com o advento da internet, ainda faz parte do dia a dia das cidades ter um jornal que circule fisicamente, que o leitor possa manuseá-lo. Por isso a necessidade de renová-lo também”, disse Rodolfo Martino, coordenador do curso de Jornalismo da Metodista.

Já o diretor da FAC (Faculdade de Comunicação) da Metodista, Paulo Rogério Tarsitano, considera o novo projeto gráfico do RRJ um presente para a comunidade, que o acompanha há mais de 30 anos.

“Há 34 anos, o ‘Rudge Ramos Jornal’ é distribuído gratuitamente e fala de assuntos de interesse da comunidade, que sempre foi uma marca da Metodista. Assim, nada mais justo que ele se renove e ofereça uma boa opção de leitura a São Bernardo”, disse Tarsitano.

Como jornal laboratorial, o RRJ circula há mais de 34 anos em São Bernardo. Atualmente com periodicidade quinzenal, o jornal é distribuído de graça aos moradores e pode também ser encontrado em alguns pontos da cidade, como Câmara Municipal, INSS e em padarias.

Confira o Rudge Ramos Jornal com o novo projeto gráfico:


Metodista divulga novo formato do RRJ a mercado publicitário

A Faculdade de Comunicação (FAC) da Universidade Metodista de São Paulo divulgou nesta quinta-feira (30)  o novo formato do "Rudge Ramos Jornal" ao mercado publicitário da região. O jornal produzido por estagiários e alunos do 5º semestre do curso de Jornalismo da instituição passou do formato tabloide para o germânico.

O diretor da FAC (Faculdade de Comunicação), Paulo Roberto Tarsitano, declarou que é importante mostrar o novo jornal ao mercado publicitário, que pode ser parceiro do veículo que, há 34 anos, presta serviço à comunidade e, ao mesmo tempo, é um laboratório para os universitários.

Segundo Tarsitano, as mudanças do RRJ vão além do novo projeto gráfico. Entre as novidades, está a possibilidade de os anunciantes promoverem suas marcas através do QR Code. “Os anunciantes poderão ter seu QR Codes, facilitando a leitura multiplataforma do anúncio, com a versão online e como ele pode ser apresentado na internet. Tudo isso vai ajudar o RRJ a ser um jornal mais moderno”, disse o diretor da FAC.

Representantes dos anunciantes presentes assistiram a um vídeo que contou um pouco da história do veículo de comunicação e de como ele é pautado, editado e produzido por alunos, com a supervisão de professores-jornalistas.

“O evento em si dá conhecimento ao mercado do novo formato, da cor total. É importante mostrar para a cidade. Já para a Universidade, é um marco, uma evolução do jornal que está se adequando ao mercado”, disse o reitor da Metodista, professor Marcio de Moraes, que esteve no evento.

O presidente do grupo Octopus, Paulo César Ferrari, falou sobre a importância de anunciar em um veículo de comunicação regionalizado. “Eu creio que esse tipo de posicionamento do veículo facilita quando nós encontramos o cliente que quer conversar com esse público, e ele está segmentado, direcionado, chegando de casa em casa, gratuitamente.”

*Esta reportagem foi produzida por estagiários da Redação Multimídia da Faculdade de Comunicação da Universidade Metodista de São Paulo

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , ,

RODOLFO MARTINO - COORDENADOR
rodolfo martino
Veja o Minicurrículo

 


 

jornalismo.jpg

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: