Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Jornalismo / Notícias / Livro de professora da Metodista ganha prêmio internacional

Livro de professora da Metodista ganha prêmio internacional

"Cozinha de Afeto – Histórias e receitas de doze mulheres imigrantes no Brasil" foi reconhecido no Gourmand Cookbook Awards, realizado na China

03/06/2016 15h50 - última modificação 06/07/2016 20h12

"Cozinha de Afeto – Histórias e receitas de doze mulheres imigrantes no Brasil" foi reconhecido no Gourmand Cookbook Awards, realizado na China

Os almoços em família são algumas de nossas primeiras memórias. Comer é uma necessidade básica, mas também tem um papel fundamental na construção de nossa identidade. A tradição de um povo está enraizada em seus pratos, e para um imigrante a comida é uma das únicas maneiras de preservar sua cultura em uma nova terra.

Em busca dessas lembranças, as jornalistas Alexandra Gonsalez e Sonia Xavier entrevistaram várias mulheres para o livro "Cozinha de Afeto – Histórias e receitas de doze mulheres imigrantes no Brasil". O alcance dessas histórias foi tão grande, que o livro foi premiado como o segundo melhor e-book de gastronomia do mundo no concurso internacional Gourmand Cookbook Awards, realizado em maio na cidade de Yantai, China.

Alexandra, professora do curso de jornalismo da Metodista, conta que as viagens das autoras, a paixão pela comida e o interesse por ouvir histórias inspirou a vontade de escrever o livro. Foram dois anos de entrevistas com mulheres de diferentes países, até chegar ao livro final.

"Temos entrevistadas de 30 a 80 anos, que vieram por motivos diferentes para o Brasil. Desde refugiada de guerra, de campo de concentração a mulheres mais jovens que vieram pra cá em busca de estudo ou trabalho", disse Alexandra.

Como imigrantes, essas mulheres se viram obrigadas a aprender um idioma diferente e conviver com os costumes locais. No livro, elas contam os motivos de sua mudança para o Brasil, as dificuldades encontradas por aqui e compartilham receitas especiais de suas famílias.

Vindas de diversos países como Índia, Grécia, Etiópia, Ucrânia e Espanha, encontraram um lar no Brasil, apesar das diferenças. Algumas vieram para cá fugindo da guerra, da fome e de muito sofrimento. Suas histórias de vida refletem a realidade de muitos imigrantes ao redor do mundo.

"Com elas aprendemos muito sobre resiliência, resistência, mudança, sobre outras culturas e sobre nós mesmas", conta Alexandra, que é neta de imigrantes. "Não sabemos o que é ser um imigrante, o que é ser um refugiado, uma coisa que é muito presente hoje no Brasil. Algumas dessas pessoas deixaram tudo para trás, até mesmo suas famílias, para poder sobreviver", completa.

O livro foi lançado no ano passado em plataforma digital pela Editora Alpendre. As autoras escolheram o formato digital porque ele permite um alcance muito maior e democratiza a leitura, tanto pela rapidez do acesso, quanto pela facilidade de tradução e preço mais acessível.

Além do livro, as autoras realizam eventos com as entrevistadas, para que o público também converse e troque experiências. Para conferir esses eventos, visite a página do Cozinha de Afeto no Facebook: https://www.facebook.com/cozinhadeafeto

As autoras

Alexandra Gonsalez e Sonia Xavier são jornalistas e pesquisadoras do tema imigração. Em seu livro anterior, Mulheres sobre Rodas, contam as experiências vividas pelo Brasil em anos de trabalho como repórteres do Guia Quatro Rodas, da Editora Abril, principal volume do gênero no país.

 Livro Cozinha de Afeto

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , ,

RODOLFO MARTINO - COORDENADOR
rodolfo martino
Veja o Minicurrículo

 


 

jornalismo.jpg

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: