Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Jornalismo / Depoimentos

Depoimentos

João Victor de Paula

joao-victor“Foi dentro da própria Metodista que consegui meu primeiro estágio já no segundo ano de curso. Trabalhei como repórter na Redação Multimídia, que foi o meu berço de aprendizado. Fiquei quase um ano trabalhando lá. Não só o estágio, mas todas as aulas me deram toda a base para que eu pudesse aprender e desenvolver meu talento. No ambiente das aulas, você praticamente vive o jornalismo. Lá você tem muita liberdade e consegue crescer e desenvolver muito sem medo de errar e ainda conta com todo auxilio dos professores e da incrível infraestrutura da Universidade.

O grande contato com os professores foi uma das melhores coisas para mim, porque assim eu consegui aprender muito e me preparar para o mercado de trabalho, principalmente porque todos eles já tiveram diversas histórias, carreiras incríveis e conseguem ensinar muito bem. E foi por meio de um deles que consegui uma indicação e mudei de estágio.

Neste ano fui contratado pela RecordTV como estagiário na produção do Núcleo de Reportagens Especiais, fazemos o Câmera Record, o Repórter em Ação e a Grande Reportagem do Domingo Espetacular. Tudo o que eu aprendi eu coloquei em prática não apenas quando trabalhava na RM, mas agora também na RecordTV. Percebi que cheguei muito bem preparado e com menos medo, já conseguindo desenvolver diversas atividades, o que traz uma grande diferença para o currículo e para ser um bom profissional

Tenho certeza que a Metodista fez muita diferença para essa nova fase da minha carreira. O nome da Metodista é muito reconhecido no meio jornalístico por trabalhar com a prática e o teórico, de modo que você já sai pronto para o mercado de trabalho, sabendo 'como' e 'o que' fazer. Consigo observar muito isso hoje, pois alguns dos meus colegas de trabalho também já estudaram na Metodista, e muitos dos meus colegas da faculdade também estão entrando em diversas emissoras, grandes empresas e ótimos jornais.

Tenho o orgulho de poder carregar o nome da Metodista no meu currículo e no meu aprendizado.”

João Victor de Paula Souza, 21 anos, estagiário da RecordTV.

Comunicar erros

Vinícius Claro

vinicius“A característica da Metodista de dar espaço significativo para a parte prática, sem detrimento da teoria, é excelente para quem busca inserir-se no mercado. Não houve novidade na minha entrada em um jornal de grande circulação como o Diário do Grande ABC, em janeiro deste ano, porque já conhecia as ferramentas necessárias de produção jornalística.

Soube da vaga no Diário pela divulgação dos próprios professores pessoalmente e por e-mail no SIGA também, além de avisos em murais no prédio do Delta. Estar na Metodista foi fundamental para conseguir o estágio, já que existe parceria da universidade com o Diário. No entanto, o fato de trabalhar na Metodista com produções voltadas para o regional na sala de aula, com veiculação no portal Rudge Ramos Online, foi essencial para que eu, morador de São Vicente, na Baixada Santista, conhecesse melhor o ABC e pudesse trabalhar em um dos maiores jornais regionais do Brasil.

Importante considerar que também fui estagiário do Rudge Ramos Jornal, em 2015. Mais uma prova de que a universidade aposta no Jornalismo dando oportunidade para que os alunos vivam a experiência de uma redação multimídia dentro da própria escola. No RRJ pude realmente conhecer a fundo as ferramentas necessárias para execução da profissão e as estou aprimorando continuamente”.

Vinícius Claro, 22 anos, repórter, Diário do Grande ABC

Comunicar erros

Natalia Florentino

natalia

“Quando cursava Rádio e TV na Metodista, no 5º semestre passei no processo seletivo para estagiar na ESPN, canal de esportes da TV a cabo. Fiquei lá até o fim da faculdade, em 2008. Não fui efetivada pela CLT porque em 2009, na crise do sistema financeiro nos Estados Unidos, a Disney, que é mantenedora da ESPN, vetou contratações, mas fiquei um tempo fazendo freela fixo.

Resolvi voltar à faculdade e cursar Jornalismo para ter mais expertise no que faço e mais opção de crescimento na carreira. Estou no 4º semestre e trabalho atualmente na Rede Record, onde sou editora finalizadora do Núcleo de Reportagens Especiais. Já passei pela TV Cultura, portal Terra, ESPN Brasil e produtoras.

Retornei à Metodista porque é a melhor escola de Comunicação do Grande ABC. Aqui na Record lido diretamente com fechamento de programas jornalísticos. Queria ter a opção de voltar para casa, antes de trabalhar. Logo, precisava estudar perto de onde moro, em Santo André. Da mesma forma, não estava disposta a sujar meu currículo com o nome de uma instituição meia boca”.

Natalia Florentino, 31 anos, editora de Reportagens Especiais na Rede Record

Comunicar erros

Depoimento (alunos)

Luiza Lemos Branco fala sobre sua experiência como aluna de Jornalismo da Metodista:

 

Comunicar erros

EDUARDO GROSSI- COORDENADOR

Minicurrículo

 

Receba informações de oferecimento sobre esse curso:

X