Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Handebol / Mais de 100 crianças e adolescentes disputam vagas para a base das equipes do projeto social Escola de Esportes

Mais de 100 crianças e adolescentes disputam vagas para a base das equipes do projeto social Escola de Esportes

Candidatos pleiteiam vaga para as equipes de handebol da Metodista/São Bernardo/Besni

23/02/2016 15h10 - última modificação 23/02/2016 17h46

A Metodista/São Bernardo/Besni iniciou o ano de 2016 em busca de potenciais do handebol. No último sábado, 20 de fevereiro, mais de 100 crianças e adolescentes compareceram ao ginásio Vitório Zanon (Baetão) e participaram das seletivas para as categorias de base da equipe, por meio do projeto social Escola de Esportes.

Os pretendes a uma posição nos times da base fizeram testes para as categorias Mirim, Infantil e Cadete, nos naipes masculino e feminino.

Além de descobrir talentos, o projeto Escola de Esportes tem como principal foco proporcionar às crianças o convívio com o esporte e uma melhor qualidade de vida, também desenvolvendo o espírito de equipe, a autoestima e a cidadania.

Isto é exatamente o que Marco Aurélio Souza, pai de um dos candidatos na seletiva, visualiza no projeto. “Além da prática de esporte ser uma atividade saudável, aqui as crianças têm algo como uma extensão de ensino. Já é exigido que estejam matriculados em uma escola e quando elas vêm para cá, não apenas aprendem a jogar handebol, mas só de ter que conviver com outros e ter que trabalhar em grupo, já ajuda na disciplina”, disse marco Aurélio, que acompanhou o filho Murilo.

Confira algumas fotos das seletivas:

Esta matéria foi publicada no Jornal da Metodista.
Conheça Outras.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , ,
EQUIPE FEMININA
EQUIPE MASCULINA