Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Gestão Portuária / Notícias / Curso de Gestão Portuária EAD recebe nota máxima 5 do MEC

Curso de Gestão Portuária EAD recebe nota máxima 5 do MEC

Equipe de avaliação esteve na Metodista em abril e atribuiu conceito excelente ao curso

11/05/2017 14h30 - última modificação 25/07/2017 15h24

Visita de avaliação que incluiu análise de documentação, reuniões com dirigentes e conhecimento das instalações ‘in loco’ resultou na conquista da nota máxima 5 (conceito excelente) do Ministério da Educação para o curso de Tecnologia em Gestão Portuária da Universidade Metodista de São Paulo. A comissão do MEC esteve na Metodista dias 27 e 28 de  abril último e se debruçou principalmente sobre três dimensões: Organização Didático-Pedagógica, Infraestrutura e Corpo Docente e Tutorial.

O coordenador do curso, professor Roberto Macedo, atribui sobretudo ao corpo de professores a qualidade da graduação: “Nossos docentes são apaixonados pelo que fazem. São comprometidos com os conteúdos e respeitam o projeto pedagógico pensando na formação profissional e ética do aluno. A docência é vocacional e temos isso no nosso curso”, destaca.

Softwares modernos

Também é sublinhada a estrutura tanto dos estúdios quanto do apoio e revisão pedagógica, o que contribui para construir material de excelência disponibilizado aos alunos, afirma o coordenador. Reforçam a estrutura de ensino os investimentos e parcerias para utilização de softwares de simulação mais atuais do mercado, como o FlexSim, que permitem ao aluno trabalhar com o que há de melhor na solução de problemas da rotina portuária.

O curso de Gestão Portuária EAD recebeu autorização do MEC em 2010 e já formou a primeira turma com 30 alunos. Hoje são mais 57 alunos em desenvolvimento. O modelo da graduação permite que eles fiquem a distância e somente venham ao polo no momento da avaliação, o que possibilita que trabalhadores embarcados (que ficam 56 dias em navios e 56 dias em terra) possam ter uma formação universitária, destaca professor Roberto Macedo.

“A área portuária contribui para o crescimento e aceleração do País. A Metodista entendeu que poderia ajudar nessa carência do mercado e investiu esforços na área. A seriedade em tudo que faz ajudou neste processo”, acrescenta. O curso de Gestão Portuária prepara o aluno para atuar como gestor em diversas áreas do setor portuário, seja na zona primária (portos, aeroporto e fronteiras) ou na zona secundária (portos secos). São quatro módulos desenvolvidos em dois anos.

A comissão avaliadora emitiu nota 4,3 para a Dimensão 1: Organização Didático-Pedagógica; nota 4,5 para a Dimensão 2: Corpo Docente e Tutorial; e nota 4,8 para a Dimensão 3: Infraestrutura, acrescentando que a Metodista também se manifestou sobre todos os Requisitos Legais e Normativos que constam da Dimensão 4.

"Em razão do exposto e considerando os referenciais de qualidade dispostos na legislação vigente, nas orientações do Ministério da Educação, nas Diretrizes da CONAES e neste instrumento de avaliação, o Curso Superior de Tecnologia em Gestão Portuária da Universidade Metodista de São Paulo apresenta perfil Excelente de qualidade, com conceito final 5, calculado pelo instrumento de avaliação”, conclui o parecer.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , ,

ROBERTO MACEDO - COORDENADOR

Minicurrículo

 


Receba informações de oferecimento sobre esse curso: