Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Gestão Ambiental / Docentes / Professor de Gestão Ambiental alerta no DGABC para qualidade de água de bicas

Professor de Gestão Ambiental alerta no DGABC para qualidade de água de bicas

13/02/2019 16h15 - última modificação 13/02/2019 16h16

Foto pixabay.com

Diarreia, vômitos e infecções intestinais são algumas das manifestações em quem tem por hábito consumir água de bicas. Contrariando o senso popular de que água direto da fonte é 100% saudável, professor Carlos Henrique Andrade de Oliveira, do curso de Gestão Ambiental EAD da Metodista, alerta que várias nascentes acabaram por ter a qualidade e a quantidade de fluxo comprometidas.

Esse comprometimento ocorre devido ao processo de urbanização, que levou à contaminação dos lençóis freáticos por falta de saneamento básico. “Antes de utilizar águas das bicas, é fundamental que as prefeituras façam análise da qualidade e verifiquem qual a possibilidade de uso”, adverte o docente da Metodista em reportagem do Diário do Grande ABC.

Acompanhe a matéria aqui.

Esta matéria foi publicada no Jornal da Metodista.
Conheça Outras.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , , , ,

Receba informações de oferecimento deste curso

MÁRCIA SARTORI  - COORDENADORA

Minicurrículo

 

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: