Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Filosofia / Notícias / Antônio Joaquim Severino ministra aula magna do Programa de Licenciaturas

Antônio Joaquim Severino ministra aula magna do Programa de Licenciaturas

Palestra será realizada no dia 17 de fevereiro em dois auditórios do Campus Rudge Ramos

04/02/2016 11h05 - última modificação 05/02/2016 11h49

Professor Antônio Joaquim Severino

O Programa de Licenciaturas da Metodista, formado pelos cursos de Ciências Biológicas, Filosofia, Matemática e Pedagogia, promove no dia 17 de fevereiro de 2016, a partir das 19h30, a palestra “Da razão de ser da função docente num mundo em transformação”.

O evento será ministrado pelo professor Antônio Joaquim Severino em dois auditórios:

• Anfiteatro Sigma: alunos do primeiro período dos cursos de Ciências Biológicas, Filosofia, Matemática e Pedagogia;
• Auditório do Edifício Capa: alunos dos demais períodos dos cursos de licenciatura da Metodista, alunos de outros cursos e comunidade.

Conheça o tema:
A necessidade da função docente vem sendo objeto de cerrada crítica no cenário sociocultural da atualidade. Essa crítica atual à docência não se restringe mais apenas a eventuais defeitos e limitações de seu desempenho, mas envolve um questionamento profundo quanto a sua própria razão de ser. Começa-se então a se perguntar se ainda se justificam o investimento e a oferta de modalidades institucionais de educação e a consequente existência de instituições escolares e de professores. As reflexões aqui apresentadas visam então interpelar essa crítica e argumentar em prol da importância, da validade e da necessidade dessa função em decorrência das características específicas da própria condição humana, em que pesem as profundas mudanças socioculturais pelas quais a sociedade contemporânea vem passando. Defende-se a posição de que continua cabendo à educação mediar, significativamente, a implementação do projeto humanizador, sem o qual a própria existência humana perderá seu sentido.

Saiba mais sobre o palestrante:
Antônio Joaquim Severino [1941-], aposentado como professor de Filosofia da Educação na Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, na categoria de Professor Titular. Licenciou-se em Filosofia na Universidade Católica de Louvain, Bélgica, em 1964. Na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, apresentou seu doutorado, defendendo tese sobre o personalismo de Emmamuel Mounier, em 1972. Prestou concurso de Livre Docência em Filosofia da Educação, na Universidade de São Paulo, em 2000. Em 2003, prestou concurso de titularidade. Dentre suas publicações, destacam-se Metodologia do trabalho científico (Cortez, 1975; 21. ed. 2000); Educação, ideologia e contra-ideologia. (EPU, 1986); Métodos de estudo para o 2o. Grau (Cortez, 1987; 5. ed. 1996); A filosofia no Brasil (ANPOF, 1990); Filosofia (Cortez, 1992; 5. ed. 1999); Filosofia da Educação (FTD, 1995; 2. ed. 1998); A filosofia contemporânea no Brasil: conhecimento, política e educação (Vozes, 1999), Educação, sujeito e história (Olho d´Água, 2002); Como ler textos filosóficos (Paulus, 2008) e vários artigos e capítulos sobre temas de filosofia da educação. Atualmente trabalha junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação, da Universidade Nove de Julho, em São Paulo. Seus estudos e pesquisas atuais situam-se no âmbito da filosofia e da filosofia da educação, com destaque para as questões relacionadas com a epistemologia da educação e para as temáticas concernentes à educação brasileira e ao pensamento filosófico e sua expressão na cultura brasileira.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , ,
COORDENADOR

WESLEY DOURADO
wesley.jpg
Minicurrículo

 filosofia.jpg

Receba informações de oferecimento deste curso

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: