Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Filosofia / Módulos / Módulos - Currículo 2

Módulos - Currículo 2

1º Período

 

Módulo 1 - Construção do Conhecimento e Cidadania (120h)

Ementa: Apresenta a filosofia, epistemologia e linguagem como práticas investigativas, exercício de reflexão e interpretação da informação e produção do conhecimento de modo crítico e criativo. Trata-se de aprender a lidar com o conhecimento em prol do bem comum e, assim, recolocá-lo na amplitude que lhe é peculiar: o mundo vivido, a promoção da autonomia e da emancipação. O conhecimento como instrumento de entendimento e interpretação da vida é maior que a formação para a atuação profissional, pois inclui a política, a educação, o poder, a ideologia, as relações de trabalho e outras tantas que compõem a complexidade da vida comunitária. Nesse sentido, desenvolver comunicação oral e escrita, facilitam sobremaneira a aplicação dos conhecimentos na atuação profissional e na leitura de mundo.

 

Módulo 2 - Filosofia Antiga (160h)

Ementa: Trata-se da apresentação das conjecturas filosóficas e dificuldades conceituais inerentes à questão inaugural do curso, a saber, o que é filosofia, assim como das condições sociais, culturais e políticas que favorecem o seu advento na Grécia Antiga. Mais do que percorrer um programa de história da filosofia concernente ao período clássico e helenístico, o módulo tem como meta fundamental investigar as motivações originárias do pensar filosófico a partir da análise das duas matrizes linguísticas do pensamento grego: o mithos e o logos. Destacamos, neste estudo, o diálogo como expressão literária e método (dialético) de investigação filosófica, criado por Platão, e a metafísica (ciência primeira), de Aristóteles, como busca de formalização das condições teóricas da possibilidade do real. Esse estudo se completa com a articulação dos elementos descritos com a prática do ensino de filosofia desejando provocar a construção didática enquanto se medita sobre os aspectos inaugurais da filosofia e dos períodos historiográficos da História da Filosofia.

 

Módulo 3 - Fundamentos da Ação Docente (160h)

Ementa: O módulo propõe uma reflexão sobre o processo de ensino e de aprendizagem, tendo como referência as questões sobre os saberes docentes e a identidade profissional. Considerando-se o processo de ensino e aprendizagem comprometido com a construção do sujeito individual e do sujeito coletivo o módulo visa contemplar a abordagem histórica da Didática e as teorias acerca dos processos educativos envolvendo as aprendizagens, assim como diferentes abordagens metodológicas adequadas ao ensino e tecnologia da informação e comunicação. Destaca a relação professor - aluno - conhecimento e os procedimentos pedagógicos de planejamento do trabalho docente. As ações do módulo serão articuladas por um projeto integrador, utilizando tecnologias como suporte transversal.

 

2º Período

 

Módulo 4 - Atividades Complementares (48h)

Ementa: Estimular a participação discente em atividades que permitam ampliar a sua formação filosófica, docente e cultural. Trata-se, portanto, de suscitar a vinculação dos saberes com as diferentes dimensões da vida. Estas atividades deverão ser cumpridas dentre as modalidades definidas pelo Colegiado do Curso.

 

Módulo 5 - Eletivas de Formação Cidadã I (40h)

Ementa: As Eletivas de Cidadania privilegiam o trabalho interdisciplinar e transdisciplinar, por meio da integração de turmas que partilham temas, atividades e práticas. Direta ou indiretamente, suas atividades devem propiciar ao aluno/a o desenvolvimento de competências necessárias ao relacionamento comunitário e às práticas sociais. Tais atividades ocorrem em função de três eixos de formação cidadã definidos e de suas respectivas áreas, conforme descritos a seguir:

a) Eixo Estético-somático é relativo ao desenvolvimento da sensibilidade do aluno e preocupa-se com a expressão pessoal (oral, corporal, escrita), com a comunicação, integração corporal e relacionamento humano.

b) Eixo de Conhecimento Compreensivo tem o propósito de ampliar a compreensão do aluno, ao tratá-lo como parte da cultura e de um complexo cognitivo, existencial, cultural, sócio-histórico, econômico-político.

c) Eixo de Práticas Interativas objetiva integrar o corpo discente no fazer reflexivo, na execução de projetos teórico práticos comuns; atenuar as dicotomias entre teoria e prática, bem como entre a universidade e a cidadania.

 

Módulo 6 - Filosofia Antiga, Lógica e Antropologia (200h)

Ementa: Desde que a filosofia antiga coloca o problema da areté, ética e antropologia filosófica têm sido tratadas indissociavelmente no pensamento ocidental: a ética como processo de autorrealização, remete à própria ideia de homem. Nesse sentido, este módulo visa aprofundar os estudos sobre a História da Filosofia Antiga, dando ênfase às relações entre linguagem e conhecimento, de modo a destacar o caráter privilegiado da linguagem como elemento revelador para a Antropologia e a Ética. A obra O Banquete, de Platão, nos servirá de referência para investigar os vários modos de discurso (retórico, mítico-poético, lógico-dialético) que se destacam no debate intelectual e político da Atenas Clássica. O módulo se configura também como uma introdução ao raciocínio lógico-formal, a saber, o estudo dos princípios da lógica clássica e do raciocínio silogístico aristotélico. Neste recorte, o estudo da razão requer uma tripla abordagem: lógico-analítica, dialético-argumentativa e histórico-filosófica. Nesse sentido o entendimento da razão dedutiva, da razão indutiva e da argumentação sofística; do silogismo dedutivo e da linguagem simbólica; da validação das formas racionais e da tabela de verdades na construção do raciocínio formal; da teoria da argumentação e da oratória clássica, são imprescindíveis à construção do discurso filosófico e à reflexão acerca do problema da verdade sob o prisma do raciocínio formal e do raciocínio argumentativo. Por fim, com vista à formação do professor de filosofia, os conteúdos ministrados no módulo privilegiarão a análise da linguagem como caminho para a Antropologia e a Ética, estabelecendo, assim, o diálogo entre os filósofos do pensamento antigo (incluindo Heráclito e Píndaro) e os contemporâneos (Pieper, Heidegger, Gadamer etc.) e propiciando a formação do docente no manejo dessa tão necessária ferramenta para seu ensino.

 

Módulo 7 - Metodologia, Pesquisa e Educação (120h)

Ementa: O módulo analisa os diversos tipos de conhecimento enfatizando o método científico em seus aspectos qualitativos e quantitativos. Estuda os conceitos e os métodos estatísticos, discutindo os mecanismos de coleta, organização, apresentação e análise de dados e de informação. Aborda as diretrizes para a elaboração de trabalhos científicos: as etapas do desenvolvimento, a construção lógica do trabalho e a redação do texto. Utiliza a escola como espaço de investigação e ação. As ações do módulo e prática de ensino deverão culminar em um projeto integrador.

 

Módulo 8 - Olhares Sobre a Educação e Diversidade Cultural (80h)

Ementa: O módulo problematiza a questão de que a educação deve ser objeto de reflexão filosófica em todas as suas dimensões, pensada a partir das relações sociais concretas e ligada aos processos históricos e sociológicos, condição essencial para compreender seu sentido e as abordagens diferenciadas a seu respeito. No caso brasileiro, tal reflexão deve ser acompanhada da compreensão e problematização da diversidade cultural e étnica, que são características da nossa formação, em contraposição às abordagens eurocêntricas. Em particular, dá atenção à história, à memória e à cultura afro-brasileira e indígena, que são estudadas com o objetivo de ressaltar a importância desse componente étnico-racial, enfatizando sua participação na sociedade, nas lutas do povo brasileiro, sua posição e importância na formação nacional, no processo político e na vida social e econômica do país.

 

 

3º Período

 

Módulo 9 - Atividades Complementares (48h)

Ementa: Estimular a participação discente em atividades que permitam ampliar a sua formação filosófica, docente e cultural. Trata-se, portanto, de suscitar a vinculação dos saberes com as diferentes dimensões da vida. Essas atividades deverão ser cumpridas dentre as modalidades definidas pelo Colegiado do Curso.

 

Módulo 10 - Educação, Inclusão e Libras (120h)

Ementa: O módulo apresenta os desafios postos à formação docente no que diz respeito à construção de um espaço educacional inclusivo. Aborda as mais frequentes questões que envolvem a prática de ensino e propõe o uso de estratégias diferenciadas, na perspectiva da educação inclusiva e da transversalidade do AEE (atendimento educacional especializado) no sistema regular de ensino. Trabalha ainda, a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), destacando-a como a primeira língua das pessoas com surdez e promovendo a prática docente. Apresenta a distinção dos aspectos estruturais e pragmáticos da Língua Portuguesa e da LIBRAS. As ações do módulo serão articuladas por um projeto integrador utilizando tecnologias como suporte transversal almejando a prática de ensino.

 

Módulo 11 - Eletivas de Formação Cidadã II (40h)

Ementa: As Eletivas de Cidadania privilegiam o trabalho interdisciplinar e transdisciplinar, por meio da integração de turmas que partilham temas, atividades e práticas. Direta ou indiretamente, suas atividades devem propiciar ao aluno/a o desenvolvimento de competências necessárias ao relacionamento comunitário e às práticas sociais. Tais atividades ocorrem em função de três eixos de formação cidadã definidos e de suas respectivas áreas, conforme descritos a seguir:

a) Eixo Estético-somático é relativo ao desenvolvimento da sensibilidade do aluno e se preocupa com a expressão pessoal (oral, corporal, escrita), com a comunicação, integração corporal e relacionamento humano.

b) Eixo de Conhecimento Compreensivo tem o propósito de ampliar a compreensão do aluno ao tratá-lo como parte da cultura e de um complexo cognitivo, existencial, cultural, sócio-histórico, econômico-político.

c) Eixo de Práticas Interativas objetiva integrar o corpo discente no fazer reflexivo, na execução de projetos teórico-práticos comuns; atenuar as dicotomias entre teoria e prática, bem como entre a universidade e a cidadania.

 

Módulo 12 - Filosofia Antiga, Antropologia e Ética (200h)

Ementa: Dando continuidade aos estudos Filosofia Antiga, privilegiaremos, neste módulo, os temas ética e antropologia e os encaminhamentos filosóficos que lhes foram dados na antiguidade clássica, dando destaque para a obra Ética à Nicômaco, de Aristóteles. Além de possibilitar o contato com o pensamento aristotélico, o curso nos permitirá estabelecer comparações com o modo de investigação filosófica empreendido pelos filósofos estudados nos módulos anteriores. Desde que a filosofia antiga coloca o problema da areté, ética e antropologia filosófica têm sido tratadas indissociavelmente no pensamento ocidental: a ética como processo de autorrealização, remete à própria ideia de homem. Também é herança clássica o caráter privilegiado da linguagem como elemento revelador para a Antropologia e a Ética. A disciplina, visando também a formação do professor de filosofia, privilegiará a análise da linguagem como caminho para a Antropologia e a Ética, propiciando a formação do docente no manejo dessa tão necessária ferramenta para seu ensino. Estabelecerá, assim, o diálogo entre os grandes do pensamento antigo (incluindo Heráclito e Píndaro) e os filósofos contemporâneos (Pieper, Heidegger, Gadamer etc.) que os tomam como base de suas reflexões antropológicas e éticas. Nessa direção, a reflexão filosófica da perspectiva ética do sujeito encontra seu lugar, numa abordagem historiográfica da ética filosófica, desde os pensadores materialistas e metafísicos antigos, como Aristóteles e Epicuro, até os filósofos contemporâneos, como Nietzsche, Sartre, Ricoeur, Rawls e Jonas. Compreender o sentido da ação e o valor de suas consequências individuais e coletivas, entender a relação entre liberdade e consciência moral, e refletir acerca das questões de justiça e de responsabilidade no mundo contemporâneo ainda em face de problemas atuais, como a necessidade de conservação do meio ambiente ou os cuidados necessários nas pesquisas genéticas, eis os centros de discussão ética e de reflexão filosófica a serem desenvolvidos como objetos nucleares do presente módulo.

 

Módulo 13 - Gestão Democracia e Escola (80h)

Ementa: O módulo discute as múltiplas determinações históricas, econômicas e sociais e os fundamentos teóricos da administração escolar. Reflete sobre os pressupostos básicos de uma administração escolar voltada para a transformação social: a gestão democrática da escola e os processos de participação, as relações entre escola e gestão, os planos e políticas de educação no Brasil, com ênfase nas reformas dos anos 1990. Analisa as políticas educacionais em curso e a legislação de ensino, no que diz respeito à organização da Educação Básica e financiamento da educação. Visa enfatizar a preocupação em se definir e compreender a necessária articulação do contexto sócio-histórico dos alunos com os processos pedagógicos da escola, com vistas à formação e participação do sujeito coletivo que pressupõe a intervenção para a transformação social pela via da gestão democrática dos espaços educativos. A residência pedagógica articulará as questões discutidas no módulo visando à formação docente.

 

4º Período

 

Módulo 14 - Atividades Complementares (48h)

Ementa: Estimular a participação discente em atividades que permitam ampliar a sua formação filosófica, docente e cultural. Trata-se, portanto, de suscitar a vinculação dos saberes com as diferentes dimensões da vida. Estas atividades deverão ser cumpridas dentre as modalidades definidas pelo Colegiado do Curso.

 

Módulo 15 - Epistemologia e Produção Filosófica (140h)

Ementa: O curso introduzirá o aluno nas questões fundamentais da teoria do conhecimento, concernentes à reflexão acerca da possibilidade, da origem, da natureza e dos modos do conhecimento, dentre os quais será dada ênfase ao conhecimento científico. Nesse âmbito, o esforço será o de examinar as características das explicações científicas, os critérios de demarcação e os núcleos epistêmicos do conhecimento científico. O tema de produção filosófica articulará os aspectos formais da pesquisa filosófica como mais um momento de preparação para a adequada construção do TCC e, obviamente, das demais produções acadêmicas. Além disso, esta produção, que se ocupará dos aspectos formais da pesquisa, deverá se ocupar também com a construção didática. O tema de produção filosófica privilegiará a análise sistemática de obras filosóficas, visando o aprendizado da pesquisa e de caminhos para o ensino de filosofia. 

 

Módulo 16 - Filosofia Política e Linguagem (200h)

Ementa: Neste módulo buscar-se-á desenvolver um estudo acerca das relações entre os temas da Linguagem e do Pensamento, tendo como foco o discurso filosófico na perspectiva da história da filosofia antiga, moderna e contemporânea. O discurso como identidade individual e social é circunstanciado pelas noções de esfera pública e de esfera privada, e os jogos de linguagem nas comunidades de comunicação são abordados como objetos de uma reflexão acerca do papel da linguagem como o modus operandi das relações humanas e sociais. Na sequência, desenvolver-se-á uma reflexão acerca das relações entre Linguagem, Estado e Violência, onde o paradoxo da política e o problema da constituição da liberdade e da justiça na sociedade contemporânea se revelam como núcleos de uma preocupação filosófica de caráter político e linguístico. Então, a perspectiva política será estudada a partir da obra de autores clássicos, analisando histórica e conceitualmente suas diversas abordagens, perpassando o estudo de autores e obras da Antiguidade e da modernidade, vislumbrando-se uma compreensão acerca das tendências contemporâneas do pensamento político.

 

Módulo 17 - Novas Tecnologias e Práticas Educativas (100h) 

Ementa: Reconhecer o sentido histórico da tecnologia, desmistificando o conceito de tecnologia restrito a meios tecnológicos, bem como percebendo o papel da ciência e da tecnologia na vida humana em diferentes épocas e na capacidade humana de transformar o meio. Compreender que tecnologia são meios do homem suprir necessidades humanas, distinguindo usos corretos e necessários daqueles prejudiciais ao equilíbrio da natureza e ao homem. Utilizar tecnologias da informação e da comunicação no cotidiano e aprender a aprender e aprender a ensinar, utilizando ferramentas de informática, de modo a preparar professores para lidar com as tecnologias atuais, tal como os alunos em sua vivência social já o fazem. Orientar crianças e jovens para lerem e escreverem dominando técnicas e tecnologia, auxiliando-os a serem produtores de mensagens, para além de consumidores críticos dos meios de comunicação. Estimular o uso de tecnologias da informação, incluindo o uso de games com fins educativos.

 

5º Período

 

Módulo 18 - Atividades Complementares (48h)

Ementa: Trata-se de estimular a participação discente em atividades que permitam ampliar a sua formação filosófica, docente e cultural. Trata-se, portanto, de suscitar a vinculação dos saberes com as diferentes dimensões da vida. Estas atividades deverão ser cumpridas dentre as modalidades definidas pelo Colegiado do Curso.

 

Módulo 19 - Filosofia Geral e Moderna (200h)

Ementa: Apresentação histórica da filosofia na modernidade, especialmente nos séculos XVII e XVIII, e da construção do conceito de razão moderna. Serão estudados, em particular, textos de Descartes, Hume e Kant, além de uma releitura contemporânea da filosofia moderna no âmbito do conhecimento e da ontologia. Apresentação do debate sobre ontologia na filosofia moderna e contemporânea e o lugar da metafísica circunstanciam o problema do conhecimento e da racionalidade na transição do pensamento moderno ao contemporâneo. Neste sentido, é necessário pensar o papel da Filosofia no contexto dos problemas contemporâneos atuais e, principalmente, o próprio significado do saber filosófico e do fazer filosofia, não somente em termos de metodologia filosófica, mas, principalmente, em termos de crítica da história da filosofia como reflexão que, a partir da tradição, se desenvolve como pensamento crítico e inovador. Eis o modo pelo qual será possível pensar o ensino da filosofia numa concepção didática não dogmática e reflexiva.

 

Módulo 20 - Pesquisa Filosófica (80h)

Ementa: Neste momento a pesquisa filosófica deve ser momento de auxiliar o discente na construção do TCC. Partir-se-á do pressuposto que o tema produção filosófica no quarto semestre do curso terá posto os elementos fundamentais para a construção do projeto de pesquisa sendo esse o momento de auxiliar a escrita do texto.

 

Módulo 21 - Religião e Filosofia Medieval (160h)

Ementa: O encontro (nem sempre pacífico) da fé religiosa com a razão adquire uma notável complexidade teórica com o advento do cristianismo e faz surgir, ao final da Antiguidade, inovações no pensamento que, sob certos aspectos, deslocam o eixo da investigação filosófica antiga. Essas inovações, que têm início com a atividade apologética da patrística a partir de Boécio, se configuram já como Escolástica. O desafio de harmonizar esses dois polos, o que caracteriza o genuíno espírito filosófico medieval, deu origem às obras filosóficas monumentais, como as de Santo Agostinho e Tomás de Aquino. Visando proporcionar um panorama deste cenário filosófico, este módulo analisará temas, textos e personagens emblemáticos do pensamento medieval, desde seu mais ilustre precursor, Agostinho, passando por Boécio, o fundador da Escolástica; pela transmissão da cultura antiga ao medievo (Cassiodoro, Isidoro de Sevilha etc.); pelos livros de Sentenças; por Anselmo de Canterbury; pelas Sumas etc.; e dedicando especial atenção a Tomás de Aquino, o mais importante pensador medieval. A perspectiva é também a de propiciar os elementos fundamentais para a formação do professor: a compreensão da época e de alguns de seus textos fundamentais, visando também à articulação com a Filosofia da Religião. Nesse sentido, na segunda parte o módulo apresentará a crítica filosófica à religião desenvolvida no final do século XIX e no começo do século XX em pensadores, como Nietzsche, Marx e Freud, na esteira de Feuerbach, e a crise desencadeada com o paradigma científico evolucionista de Darwin. Para propiciar um diálogo crítico com esses autores e sua desconstrução da religião, serão apresentados conceitos provenientes da fenomenologia e da história comparada da religião, em autores como Eliade, entre outros, buscando uma definição academicamente pertinente do fenômeno religioso. Por fim, serão discutidas as tendências contemporâneas de negação ou de revalorização da religião em autores das ciências cognitivas como Richard Dawkins, Terrence Deacon, Pascal Boyer, Scott Atran e Merlin Donald. A discussão com esses autores e sua reavaliação do fenômeno religioso em perspectiva evolucionista tem como objetivo propiciar subsídios para uma reavaliação filosófica e histórica do papel da religião na filogenia e na cultura.

 

6º Período

 

Módulo 22 - Atividades Complementares (48h)

Ementa: Estimular a participação discente em atividades que permitam ampliar a sua formação filosófica, docente e cultural. Trata-se, portanto, de suscitar a vinculação dos saberes com as diferentes dimensões da vida. Essas atividades deverão ser cumpridas dentre as modalidades definidas pelo Colegiado do Curso.

 

Módulo 23 - Estágio Supervisionado (480h)

Ementa: Constitui-se na criação de processos por meio dos quais se possa transitar da teoria à prática e determinar um lugar particular para a intervenção filosófica no conjunto de nossa experiência. Concebe-se a prática de ensino sob a forma de Estágio Supervisionado como parte constituinte do conjunto da formação do aluno de filosofia, com a qual se pretende dialogar ao longo de toda sua formação.

 

Módulo 24 - Estética e Filosofia Contemporânea (200h)

Ementa: A dissolução do pensamento hegeliano servirá de quadro para o estudo das correntes mais representativas da filosofia contemporânea. Cabem-nos pensar, com o fim de um dos últimos grandes sistemas filosóficos, as tarefas atuais da filosofia na intersecção com o conhecimento científico e a reflexão estética. Veremos como, para o pensamento dialético contemporâneo, a arte revela-se como objeto filosófico privilegiado. No que concerne à fenomenologia, a ênfase será dada às noções de intencionalidade, de percepção e de sujeito como elementos para apontar a crítica ao conhecimento científico e à própria filosofia. Já em relação às questões concernentes ao existencialismo, as noções de finitude, de existência e de liberdade encontram seu lugar de reflexão. Enquanto que, para a Hermenêutica, buscar-se-á desenvolver uma reflexão que privilegie o estudo das relações entre linguagem, sentido e experiência do mundo, com vista à elucidação dos problemas da compreensão e do entendimento em face da tradição da hermenêutica filosófica, que se delineia pelo estudo dos pensamentos de Schleiermacher, Dilthey, Nietzsche, Gadamer e Ricoeur, articuladores desses conceitos. Contudo, o estudo do estruturalismo e pós-modernismo francês circunscreverá a crítica da razão moderna, da linguagem e do sujeito.

 

Módulo 25 - Filosofia Latinoamericana (120h)

Ementa: Situar o pensamento criticamente a partir deste continente e de nosso país é a tarefa da Filosofia latino-americana e da Filosofia brasileira. Além de chamar a atenção para a produção filosófica da América Latina e do Brasil refletindo sobre a própria identidade continental e nacional, refletiremos sobre a necessidade da autonomia no pensamento frente às dominações colonialistas e Eurocêntricas. Perpassa esse tema a questão da existência de uma filosofia latino-americana e de uma filosofia brasileira que será respondida a partir da Filosofia da Libertação de Augusto Salazar Bondy, Leopoldo Zéa e Enrique Dussel, mostrando os desdobramentos desta questão e de um pensamento original (e/ou legítimo) como condição de possibilidade de novos filosofares latino-americanos e brasileiros. Esse estudo se completa na articulação dos elementos descritos com a prática do ensino de filosofia desejando provocar construção didático-filosófica própria e meditação sobre os períodos indicados, autores e temas. Trata-se de ler o texto filosófico clássico apropriando-se do mesmo a fim de pensar sua época e problemas.

 

Módulo 26 - Filosofia Moderna e Estética (120h)

Ementa: Em uma de suas vertentes, o curso apresenta uma visão histórica das filosofias do século XVII e XVIII e um estudo do seu legado para o pensamento filosófico posterior. Nesse sentido, serão apresentadas algumas perspectivas críticas a respeito da noção central da modernidade segundo a qual a subjetividade do homem moderno constitui o fundamento para a reflexão científica, moral e estética. Em Filosofia da Ciência, serão debatidas as condições que permitiram o desencadeamento da revolução científica do século XVII e suas consequências para o pensamento científico posterior. No que concerne à Estética, o curso se concentrará no modo como a estética kantiana opera uma conciliação entre a estética sensualista inglesa e a racionalista francesa do século XVII.

Comunicar erros

COORDENADOR

WESLEY DOURADO
wesley.jpg
Minicurrículo

 filosofia.jpg

Receba informações de oferecimento deste curso

Receba informações de oferecimento sobre esse curso:

Acesso Restrito

Portal do Aluno / Docente
Portal CAPES
INFORMAÇÕES DO CURSO

Modalidade: Presencial
Grau: Licenciatura
Reconhecimento: Portaria Nº 286 de 21/12/12
Duração: 4 anos

Mensalidade 2018

Valor para pagamento antecipado:
R$ 475,00*

Valor para pagamento após o vencimento:
R$ 482,23

*Desconto válido para pagamento até o dia do vencimento, nos termos do contrato de prestação de serviços educacionais.

Horário de aula: Noite - 19h30 às 23h