Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / TVs abertas abrem espaços em sua programação ao gênero religioso

TVs abertas abrem espaços em sua programação ao gênero religioso

13/08/2013 14h40 - última modificação 13/08/2013 14h39

SÃO PAULO - A programação da TV aberta brasileira foi ocupada, de forma predominante, em 2012, pelo entretenimento (59%), seguido pelo material informativo (15,9%) e por outros (13,9%). Classificada por gênero, o tema que mais ganhou as telas no ano passado foi o religioso.

ALC
quinta-feira, 8 de agosto de 2013


O levantamento é do Observatório Brasileiro de Cinema e do Audiovisual, organizado pela Agência Nacional do Cinema (Ancine). Os assuntos relacionados à religião ocuparam, em média, 13,5% da programação das emissoras de televisão do país.

A Rede Record, pertencente à Igreja Universal do Reino de Deus, foi a emissora de TV que mais espaço abriu para o tema religioso no ano passado: 23,3% de sua programação versou sobre o tema, ficando atrás apenas do telejornal, com 27,3%.

Ainda na ênfase religião, a Rede Bandeirantes aparece em segundo lugar na concessão de espaços, destinando 17% de sua programação ao assunto, ficando atrás apenas do setor esportivo, com 17,4%, mas na frente do telejornalismo, com 12,05%.

A Rede Globo foi a que menos espaço concedeu da sua programação ao assunto religioso, ocupando-a com apenas 0,84% do total. O mesmo se constata na TVBrasil, que ocupou 1,69% de sua programação com temas da religião em 2012. O Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) sequer aparece com algum percentual nessa categoria.

As emissoras de TV aberta do Brasil destinaram apenas 3,5% do total de sua programação à Educação, destacando-se, nesse item, a TV Brasil, com 29,6%, e a Rede Globo, com 8,7% de sua grade.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: