Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Tarde Alegre marca fechamento do ano nas reuniões de discipulado com mulheres na FaTeo

Tarde Alegre marca fechamento do ano nas reuniões de discipulado com mulheres na FaTeo

08/12/2016 15h44


Tarde Alegre foi o nome dado para a última reunião do ano da célula Mulheres de Paz, que reúne seminaristas e esposas de seminarista da FaTeo, para momentos de discipulado. O evento aconteceu na tarde da terça-feira (06), no Centro Comunitário no campus Rudge Ramos e o nome não poderia ser melhor. Muita brincadeira, sorrisos, canções e lembranças permearam a festa das mulheres.

 

 

Além de fechar os encontros do ano, a festa contou com momento especial com as mulheres que estão indo embora do campus, por terem, elas mesmas, ou os seus maridos, concluído o curso de teologia e agora voltam para as suas regiões.

 

 

Alegria e emoção. Amizade pra vida

 

A célula Mulheres de Paz faz parte do programa de discipulado desenvolvido na Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, com a supervisão do Programa de Vida Comunitária, que visa o pastoreio de pastores/as, com inclusão dos maridos de alunas (célula de homens) e também das esposas de seminaristas que moram dentro ou fora do campus (célula de mulheres).

 

Momento oração com estudantes e esposas de alunos que terminaram o curso em 2016

 

Muitas mulheres grávidas já foram acompanhadas pela rede de mulheres, criada com essas reuniões, promovendo chás de bebês e apoio nos momentos de fragilidade. As amizades são fortalecidas e os quatro anos de curso acabam por passar muito mais rápido, especialmente para quem já chega no campus com saudades de casa.

 

A torcida era para que a Rafinha, filha de Eliene e do estudante Carlos, viesse antes da formatura, mas agora a expectativa é que ela nasça apenas após as cerimônias

 

 

 

À Frente do Programa de Vida Comunitária, o pastor da comunidade, Rev. Adilson Mazeu participou da celebração compartilhando a Palavra de Deus. A organização de toda a festa ficou por conta da aluna Cecília Carvalho, que cursou o terceiro ano em 2016, e é a líder da célula. É claro que ela não trabalhou sozinha, mas uma grande equipe de mulheres auxiliou em cada detalhe, nas compras, na confecção da decoração do local, na preparação de saborosos pratos, nas brincadeiras e, é claro, na limpeza pós-festa.

 

Todas as que estão indo embora ganharam um mimo e mensagens das amigas que ficam

 

 

 

 

As reuniões da célula acontecem todas as semanas e ficam suspensas durante os períodos de recesso, quando a grande maioria viaja para suas respectivas regiões. A Mulheres de Paz retorna em fevereiro do ano que vem recebendo as novas estudantes e esposas de alunos do primeiro ano.

 

Na brincadeira, quem ficou com a caixa na mão teve que pagar a prenda

 

 

 

 

 

Para quem ainda não participa, ou já está de malas prontas para chegar no campus em 2017, além de todo apoio do corpo docente, da pastoral, pode contar com esses grupos de apoio mútuo, tão importantes, não apenas para esse momento na academia, mas para a vida. O discipulado como estilo de vida é o que move essas mulheres e homens. Faça parte!

 

 

 

 

 

 

 

 

Texto: Rose Rosa
Fotos: Arquivo/célula Mulheres de Paz

 

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: ,

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: