Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Semana de Estudos Teológicos traz reflexão bíblico-teológica sobre cidades e Deus

Semana de Estudos Teológicos traz reflexão bíblico-teológica sobre cidades e Deus

10/11/2015 17h47

 

Em seu segundo dia, a SET (Semana de Estudos Teológios) 2015, continuou com temas instigantes para tratar do Clamor por uma cidade saudável: perspectivas pastorais e interdisciplinares. Pela manhã, o prof. Dr. Mathias Grenzer falou sobre Cidades e Deus. Uma reflexão bíblico-teológica. A reação ficou por conta da Profa. Dra. Suely Xavier e a coordenação da mesa, com o prof. Wesley Fajardo.

 

Prof. Dr. Mathias Grenzer

 

Utilizando como base o Salmo 122 e para além dele, o professor Grenzer mostrou a relação de Deus com as cidades no AT, a começar em Gn 4.17, com a construção “da primeira cidade, por Caim, que colocou nela o nome de seu filho Henoc”. Discorrendo versículo por versículo, do Salmo, o professor falou das subidas, dos momentos de oração e dos significados de estar às portas de Jerusalém. Para ele, fica evidente que o povo bíblico atribui importância à cidade. E fica claro com a reflexão do texto de que as portas de Jerusalém tinham o simbolismo de justiça, por onde passavam os justos, aqueles que, conforme os salmos 15 e 24, vivem com integridade, falam a verdade, são limpos de mãos e de coração, entre outros atributos.

 

Profa. Dra. Suely Xavier

 

Na reação, a Profa. Dra. Suely Xavier, contrapôs questionando se acaso seriam os sacerdotes, escribas e esse povo bíblico os que têm esse olhar majestoso para Jerusalém? Ela lembrou que o rei Davi transformou o Deus do Caminho em Deus da cidade, quando transferiu a arca para lá. E essa transformação da teologia, segundo a professora tem aspectos positivos e negativos. Como negativo ela destacou que “quando a teologia do caminho se transforma em teologia da cidade há uma ausência de Deus em muitas instâncias, circunscrevendo sua presença ao templo e às vezes, nem lá”. Como ponto positivo, ela frisou que podemos observar que “é esta cidade que acolhe um grupo de imigrantes e refugiados”, referindo-se aos samaritanos, que em 722 a.C., na queda de Samaria, acorreram para Jerusalém fazendo com que ela passasse de uma aldeia com mil habitantes, para uma cidade com 15.000 pessoas, e a partir disso integrasse o cenário das grandes cidades.

 

bispo Adriel Maia, ministrou no culto de abertura da SET

 

Ainda na reação, a professora questionou: “não seriam as vozes proféticas instrumentos para redescobrir a função da cidade de Deus e não a poesia bíblica do pós-exílio?”, ressaltando que no caso do salmo 122 há uma teologia bem definida e propagada: “Sião, Jerusalém, como cidade de Deus”, reafirmando a ideologia monárquica e a presença de Deus junto ao rei.

 

Da esquerda para a direita, pastores professores Eber Borges da Costa e Jonadab Almeida no lançamento do Anuário 2016, com preço promocional durante a SET

 

Após o intervalo foi feito o lançamento do Anuário Litúrgico 2016, com textos de várias pessoas, professores da casa e outros colaboradores metodistas com textos, canções e orações. O Reverendo e professor Jonadab Almeida, editor do Anuário, destacou o trabalho de equipe que resultou na publicação. O Rev. Eber Borges da Costa, coordenador da Editeo, responsável pela publicação do Anuário também agradeceu o trabalho em conjunto, em especial ao editor pela concretização do Anuário.

 

Início da SET

Na primeira noite da SET, na segunda (09), ocorreu abertura com culto com o reverendíssimo Bispo Adriel Maia (bispo emérito da Igreja Metodista)  e em seguida, palestra com a Dra. Brenda Carranza que abordou as mudanças das gerações com o avanço tecnológico e a necessidade de entender essas transformações, a partir do tema Cidade em movimento: subjetividades, relações e redes sociais?  

 

Profa. Dra. Brenda Carranza foi a palestrante na noite de segunda

 

Na tarde desta terça (10), das 14h30 às 16h30 o professor Dr. Jorge Schutz e a Profa. Me. Danielle Lucy Bósio Frederico, falam sobre o tema Religião e Direitos Humanos, e a partir das 19h30, iniciando com devocional, a SET trará a palestra Pastoral Urbana e Reforma Política, com o Rev. Me. Jair Alves, reação do Prof. Dr. Rui Josgrilberg e coordenação do Prof. Dr. Nicanor Lopes. Além das palestras, continuam as apresentações de TCC durante a semana (veja programação completa)

 

 


Texto: Rose Rosa
Fotos: Ricardo Bissolato

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: ,

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: