Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Revista Caminhando está no indexador ATLA

Revista Caminhando está no indexador ATLA

22/10/2015 19h47

Com este, a revista soma três indexadores (DOAJ – indexador das revistas de acesso livre, o Latindex e agora o ATLA – renomado  indexador dos EUA e Canadá)

 

 

Editor da revista desde o segundo semestre de 2003, o prof. Dr. Helmut Renders se despede em grande estilo, com a coroação do trabalho de 12 anos à frente do periódico científico: a entrada da Revista Caminhando no indexador ATLA. A partir deste segundo semestre de 2015, o editor passa a ser o professor João Batista Ribeiro Santos.

 

Criada como revista de articulação teológico-pastoral da Igreja Metodista, por volta dos anos de 1986, 1987, a Caminhando passou para a Faculdade de Teologia, no final da década de 1990. “A partir daí ela passou a ser um elo entre a academia e o trabalho pastoral, com certa tendência acadêmica”, explicou Renders, lembrando que primeiro foi criada uma plataforma para publicação de texto do corpo docente, e com o reconhecimento do curso pelo MEC, surgiram exigências acadêmicas e a revista se desenvolveu.

 

Como a Fateo conquistou a nota máxima (5) do MEC, segundo o professor, procurou-se melhorar ainda mais diversos aspectos da faculdade, inclusive na Revista. “Peguei informação sobre até onde poderíamos sonhar”, disse, ao explicar sobre o qualis (qualificação das revistas), que hoje se divide em categorias: A 1, A2, B1, B2, B3, B4,B 5 e C. A Caminhando iniciou na classificação C e depois de cumprir algumas exigências passou para B2. Hoje, está na classificação B3. “Neste nível, é preciso, por exemplo, ter um grupo editorial de nível internacional. Entre 70% e 50% dos artigos precisam ser de autores de outras instituições”, enfatizou.

 

A revista também se preocupou em criar os pareceres externos. “Os artigos são avaliados por alguém de fora, um especialista conhecido da área”, disse, lembrando que esse processo é feito sem que o especialista saiba quem é o/a autor/a do artigo, o que é chamado de parecer cego.

 

Conquistando o indexador

Não é nada fácil, segundo o professor, para uma revista de humanas entrar num indexador porque as exigências são tantas que apenas um programa de pós-graduação as cumpre. “Conseguimos colocar a Revista Caminhando em três indexadores (DOAJ – indexador das revistas de acesso livre, o Latindex e agora o ATLA – um indexador dos EUA e Canadá). E isso nos faz visíveis aos nossos parceiros norte-americanos e canadenses. Do meu conhecimento, no Brasil, só existem duas revistas que estão no ATLA Religion Database® (ATLARDB®) e são duas de pós graduação.”

 

Outro dado importante é que a Caminhando já possui o número DOI (Document Object Identifier) e também foi integrada no portal de revistas científicas da UMESP. “Isso parece normal, mas não é, porque nós somos da graduação.”

O desenvolvimento da Revista Caminhando é espelho da qualidade do texto, “porque todo mundo que trabalha na revista é voluntário: o editor, os articulistas, os pareceristas. Então, a qualidade da revista tem a ver com o escrito voluntário de acadêmicos.”

 

Passando o bastão

Para Renders, o editor tem que ser organizado, ter certa perseverança e entender o mundo acadêmico. “E o João Batista tem esse perfil”, disse.

 

 

Nos planos do novo editor estão o convite a pesquisadores para trabalhar edições temáticas e também garantir a periodicidade da revista que vai ao ar duas vezes ao ano.  Conheça a Caminhando

 

 

 

Texto: Rose Rosa
Fotos: Ricardo Bissolato

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: ,

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: