Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Responsabilidade social da Igreja é tema da Semana Wesleyana

Responsabilidade social da Igreja é tema da Semana Wesleyana

30/05/2008 23h22 - última modificação 04/06/2008 17h46


Os 100 anos da criação do Credo Social pela Igreja Metodista Episcopal (Estados Unidos), base da redação do Credo Social da Igreja Metodista no Brasil, foram lembrados na 57ª. Semana Wesleyana promovida pela FaTeo. A tradicional semana de estudos afirmou, por meio da contribuição de estudiosos e militantes da causa social, “faz justiça à obra pastoral e social de João Wesley como dos pioneiros do metodismo” e é um exemplo da forma integral de pensar o entrelaçamento entre espiritualidade, doutrina e presença pública na tradição metodista. Durante a semana forma colocadas em discussão a proposta original do Credo e as necessidades contemporâneas. Foi lembrada ainda o processo de atualização do Credo na década sessenta no Brasil com a questão: como deveria ser o Credo Social para o século XXI?


Jornada de reflexões

Na abertura da 57ª SW, os/as participantes, estudantes e professores/as da FaTeo e pessoas enviadas pela regiões da Igreja Metodista no Brasil, ouviram os depoimentos de Lydia Santos e Aldo Fagundes, duas pessoas leigas, que deram significativa contribuição à Igreja com sua liderança em atividades voltadas para causas sociais. Este foi o ponto de partida para uma jornada de reflexões que trouxeram a perspectiva histórica do Credo Social (Raízes do Credo social: de Wesley até o século XIX, com os professores da FaTeo José Carlos de Souza e Douglas Nassif Cardoso), a perspectiva teológica, que justifica a responsabilidade social cristã (com o reitor da FaTeo Rui de Souza Josgrilberg) e uma análise do imaginário sócio-religioso no Brasil em relação ao credo social (pelo professor da FaTeo Helmut Renders).

/fateo/imagens/Semana%20Wesleyana%20067copia.gif/

Foto da esq. para dir.(Luciana de Santana): Bispo Paulo Ayres; Aldo Fagundes e Lydia Santos; prof. Rui Josgrilber e prof. Helmut Renders


A questão “Um credo social para o nosso tempo” foi respondida em três diferentes momentos: numa análise de temas que desafiam a sociedade hoje, apresentada pelos professores da FaTeo Claudio Ribeiro e Paulo Ayres Mattos; num painel denominado PESCA (aspectos políticos, econômicos, culturais e ambientais) que desafiam as igrejas hoje, com o professor da FaTeo Nicanor Lopes, a missionária metodista Marilia Schüller e o padre católico Benedito Ferraro; na reflexão final do evento apresentada pela professora da FaTeo Magali do Nascimento Cunha.


Ações concretas

A Semana Wesleyana também garantiu espaço para a partilha de experiências de pessoas engajadas em causas sociais a partir do seu compromisso cristão. Para isso, os/as presentes participaram de oficinas e ouviram depoimentos nos cultos noturnos, pelos seguintes grupos: Missão Tapeporã (causa indígena, com o pastor e pastora metoditstas Imaculada Costa e Paulo Costa); Ministério Regional de Ações Afirmativas para Afrodescendentes (com a prof. Dinah Branchini); Projeto Aids e Igrejas (com Ester Almeida, de Koinonia Presença Ecumênica e Serviço); Comunidade Metodista Povo de Rua (com o pastor Samuel Duarte); Projeto Sombra e Água Fresca (educação solidária crianças e pré-adolescentes, com Kebel Assis e Teca Greathouse); Projeto Meninos e Meninas de Rua de São Bernardo do Campo (com Markinhos Silva).

fateo/imagens/Semana%20Wesleyana%202008%202805%20019copia.gif/

Foto da esq. para a dir.(Luciana de Santana): profs. Luiz Ramos, José Carlos de Souza e Douglas Nassif


Um elemento significativo também foram as oficinas que desenvolveram aspectos litúrgicos relacionados ao credo social, a relação entre o credo social e as regras gerais do Metodismo, composição musical e canto de produções cristãs voltadas para questões sociais.

fateo/imagens/Semana%20Wesleyana%202705%20005copia.gif/

Foto da esq. para a dir. (Luciana de Santana): Bispo Paulo Ayres; profa. Blanches de Paula e prof. Claudio Ribeiro


Lançamento de livros

Como é realizado tradicionalmente, a Semana Wesleyana é momento de lançamento de produções da Editeo (editora da FaTeo). Na ocasião foram lançados mais dois exemplares dos periódicos Caminhando (n. 21) e Mosaico Apoio Pastoral (n. 41, este com o tema da semana). A Editeo também lançou o livro com os conteúdos da Semana Wesleyana 2006 intulado Mil Vozes para celebrar, a propósito dos 300 anos de Charles Wesley e sua contribuição à musicalidade das igrejas. Um CD com canções que enfatizam a responsabilidade social da igreja e a esperança por dias melhores em sociedade foi também lançado – é a remasterização de um LP lançado pela FaTeo em 1984, gravado pelo coral da faculdade na época, intitulado Mudança.


Desafios

Diversas autoridades da Igreja Metodista no Brasil (sete bispos e lideranças da área nacional) participaram da Semana Wesleyana e manifestaram o desafio de retrabalhar as reflexões e os desafios lançados pelos conteúdos estudados, especialmente no campo da educação da membresia para a responsabilidade social.


Para detalhes sobre os conteúdos trabalhados na Semana Wesleyana veja a contribuição da redatora do Jornal Expositor Cristão, Suzel Tunes no site da Igreja Metodista. Clique aqui para acessar.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: