Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Universidade Metodista desenvolve projetos de extensão integrados a demandas sociais

Universidade Metodista desenvolve projetos de extensão integrados a demandas sociais

27/07/2012 13h10 - última modificação 19/04/2017 20h00

 

Projetos de Extensão foram o foco da Assembleia Docente

A Assembleia Docente realizada nesta quarta-feira, 25 de julho, para dar início às atividades do segundo semestre, teve como foco as ações da Instituição quanto aos projetos de extensão.

A coordenadora de Extensão e Inclusão, professora Elizabete Renders, apresentou um panorama do que vem sendo feito e destacou que “os projetos de extensão estão muito relacionados com a missão institucional”.

A docente pontuou ainda a necessidade de haver uma integração curricular, de pensar esse tipo de projeto como estratégia pedagógica, de fazer trabalhos integrados e citou como exemplo disso o Projeto Ler e Conhecer, de iniciativa da Faculdade de Humanidades e Direito.

Elizabete Renders afirmou que “existe uma demanda externa de construir projetos relacionados com políticas públicas” e ressaltou “o interesse dos estudantes em participar de projetos na comunidade. Em 2010, a nossa participação no Projeto Rondon se deu por iniciativa dos próprios alunos, que trouxeram essa demanda para a Universidade, pois era necessário ter professores na equipe”.

Como resultado das demandas externas, além do Projeto Rondon – iniciativa do Governo federal para o desenvolvimento sustentável de comunidades carentes socialmente vulneráveis, com a participação de estudantes universitários – a professora citou o Projeto Canudos – atividade realizada em parceria com o Instituto Brasil Solidário para atendimento à comunidade local no sertão da Bahia – realizado neste mês; e o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid), coordenado pela Capes, que possibilita aos estudantes dos cursos de licenciatura vivenciar a prática de atividades pedagógicas em escolas públicas de educação básica.

Na reunião, os docentes acompanharam também as apresentações de dois projetos de extensão realizados pela Universidade. O professor Cláudio Torres, da Faculdade de Exatas e Tecnologia, compartilhou informações sobre a experiência que teve com o Projeto Rondon e o professor Douglas Murilo Siqueira, da Faculdade de Administração e Economia, falou sobre a implantação da Incubadora de Empreendimentos Solidários de São Bernardo do Campo.

Na assembleia, o reitor da Metodista, professor Marcio de Moraes, destacou ainda alguns aspectos importantes do primeiro semestre, como a nota máxima recebida pelos cursos de Educação a Distância em pesquisa realizada pela Associação Brasileira dos Estudantes de Educação a Distância; o lançamento da Escola Metodista de Educação Corporativa, que ocorrerá no próximo dia 7 de agosto; a formatura, em Coimbra, Portugal, dos primeiros cinco alunos no Programa de Licenciaturas Internacionais; a retomada das atividades para a terceira idade com o Programa Aquarela; a aprovação do Programa de Doutorado em Educação e a participação da Universidade no Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania (Cejusc) da Comarca de São Bernardo do Campo.

Fonte: Gerência de Comunicação/UMESP

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: ,

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: