Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Livro sobre Teologia da Criança traz participação de professores da FaTeo

Livro sobre Teologia da Criança traz participação de professores da FaTeo

16/06/2010 20h31 - última modificação 17/06/2010 19h08


"Uma criança os guiará. Por uma Teologia da Criança” traz coletânea de artigos com participação dos professores Blanches de Paula e Milton Schwantes e organização do pastor metodista Welinton Pereira, ex-aluno da FaTeo


A revista Mãos Dadas perguntou a pastoras e pastores: “Nos últimos dois anos, quantas pregações você fez sobre a criança?”. Quase a metade dos que responderam pregaram entre 0 a 2 vezes e 30% pregaram entre 3 a 5 vezes.(2) Já a enquete realizada de 5 a 20 de outubro de 2006 no site da Editora Ultimato, com a pergunta “Quantas vezes você já ouviu uma pregação tendo a criança como tema central?”, obteve o seguinte resultado: nenhuma, 23%; uma, 23%; de duas a três, 40%; de quatro a cinco, 10%; mais de cinco, 3%

Fonte: site da Editora Ultimato


Em setembro de 2006, a revista Mãos Dadas e a organização cristã Visão Mundial desafiaram pastores e pastoras a pensar teologicamente na criança, a partir de uma “consulta teológica”. A pesquisa foi realizada sob a assessoria de Keith White e John Collier, membros fundadores do Child Theology Movement (Movimento Teologia da Criança), organização sediada na Inglaterra cuja missão é promover o diálogo, o aprimoramento e a pesquisa sobre a natureza e o significado da criança para o cristianismo.

Em 2007, foram ouvidos sobre o tema vários teólogos/as educadores/as cristãos/ãs do Brasil, Inglaterra e Malásia. Dessas discussões nasceu o livro “Uma criança os guiará. Por uma Teologia da Criança”. Lançado pela editora Ultimato, a coletânea com artigos de especialistas em diversas áreas pretende ser uma tentativa de introdução à “Teologia da Criança” no Brasil, diz um dos organizadores, o pastor metodista Welinton Pereira.

Ex-aluno da FaTeo e do programa de Pós Graduação em Ciências da Religião da Universidade Metodista, Welinton é também assessor de Relações Cristãs da ONG Visão Mundial e um dos gestores da RENAS, Rede Evangélica Nacional de Ação Social, e da Rede Mãos Dadas. Os outros dois organizadores da coletânea são Klênia Fassoni, diretora administrativa da Editora Ultimato e Lissânder Dias, jornalista e coordenador executivo da Rede Mãos Dadas – ambos colaboradores também da área de comunicação da Renas.

Segundo os organizadores, a criança não pode passar despercebida, seja em nossa reflexão social e teológica, seja em nossa vivência familiar e comunitária. É preciso enxergá-la como fonte de aprendizagem em um mundo esquecido de valores que ela preserva. “Uma Criança os Guiará vai ajudá-lo a colocar-se no caminho. Trata-se de um ponto de partida. Há uma peregrinação à frente: que nos próximos dias, além da leitura do livro, você preste mais atenção nas crianças. Aproxime-se delas e ouça-as com o coração.”


Leia trechos do livro:


  • “Jesus disse que quem quiser entrar no reino tem de se tornar um pequenino. A criança é a melhor parte da vida humana. Ela concentra muitas das virtudes que Deus gostaria que vingassem na humanidade.” Ariovaldo Ramos

  • “Há um equívoco entre os cristãos de achar que a Bíblia fala pouco sobre as crianças. Algumas das mais importantes obras e revelações de Deus foram feitas por intermédio delas. A fé e as ações dessas crianças são essenciais para a realização dos propósitos divinos.” Keith White

  • “A América Latina, continente cristão praticamente por definição, ainda não tem dado grande importância à reflexão teológica sobre a criança. Na maioria das vezes, ela ainda é vista apenas de modo utilitarista, quase como um objeto a ser alcançado. A teologia evangelical brasileira parece ainda não ter despertado para a relevância de pensar a criança teologicamente.” Carlos Caldas

  • “A fé, interpretada por meio da relação, começa nos primeiros anos de vida, quando o bebê, interage com seus pais ou responsáveis. Entre eles há fidelidade, lealdade, segurança. Há uma relação entre o desenvolvimento humano e a fé.” Blanches de Paula

  • “Nestas crianças (Is 8.18), Isaías vê condenada sua profecia. São parábolas da utopia. Esta não está restrita a elas. Mas irradia a partir delas. O profeta não reduz seu enfoque a elas. Nem a elas se restringe sentimentalmente. Ele visa a libertação dos 'oprimidos da terra' (Is 11.4).” Milton Schwantes

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: