Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Professor da FaTeo dá curso à distância para o CEMETRE, instituição de ensino metodista localizada em Maringá, PR.

Professor da FaTeo dá curso à distância para o CEMETRE, instituição de ensino metodista localizada em Maringá, PR.

28/10/2009 18h23 - última modificação 28/10/2009 18h25

O professor Paulo Roberto Garcia, coordenador do curso de Teologia da FaTeo, está ministrando um curso para estudantes do CEMETRE, Centro Metodista de Ensino e Treinamento da Sexta Região Eclesiástica da Igreja Metodista, região administrativa da Igreja Metodista que compreende os estados do Paraná e Santa Catarina. O curso está sendo oferecido na modalidade de Ensino à Distância, em plataforma Moodle, acessível apenas aos/as alunos/as.

O tema do curso é "Ministério, desafios e possibilidades: uma reflexão nas cartas paulinas". Destinado à formada continuada de pastores e pastoras, o objetivo do curso é oferecer subsídios para desafiar, confortar e fortalecer o chamado vocacional e o ministério pastoral da Igreja Metodista, a partir da reflexão pastoral em torno da vida, ministério e cartas do apóstolo Paulo.

Com duração de quatro semanas e oferecido gratuitamente, o curso já encerrou as inscrições. Novos cursos serão oferecidos em breve para pastores/as e leigos/as. Mais informações pelo site http://www.cemetre.com.br/ead/


Veja abaixo a ementa do curso oferecido pelo CEMETRE:


MINISTÉRIO DESAFIOS E OPORTUNIDADES

UMA REFLEXÃO NAS CARTAS PAULINAS

VISÃO DE CONJUNTO


Paulo Roberto Garcia


Ao final desse curso é necessário construirmos uma visão de conjunto sobre os desafios e oportunidades para o exercício do ministério pastoral, que uma reflexão nas cartas de Paulo nos oferece.

Para isso, vamos iniciar fazendo os destaques de cada lição.


Lição 01: O mundo paulino – lugar da missão


Na primeira lição nós buscamos localizar o ministério de Paulo no contexto do mundo mediterrâneo. Ao fazermos isso percebemos que o mundo da ação ministerial de Paulo era um lugar de grandes conflitos e de enormes necessidades pastorais. Pudemos perceber que a prática pastoral acontece em um contexto dado. Paulo soube interpretar e compreender o mundo em que ele vivia e pautou sua ação a partir dessa compreensão.


Lição 02: Os escritos paulinos – ação pastoral em favor da comunidade


Na segunda lição enfatizamos a ação pastoral de Paulo na busca de atender as necessidades das comunidades. Para isso, observamos as propostas literárias de estudo das cartas paulinas. Ao assumir a proposta de que boa parte das cartas é composta de pequenos bilhetes pastorais, percebemos, em primeiro lugar, de que modo Paulo se preocupava em atender com muita presteza as necessidades que as comunidades apresentavam e, em segundo lugar, como que ao buscar solucionar os problemas pastorais e orientar as comunidades Paulo valoriza o amor, o perdão e se esvazia de seus interesses em favor das comunidades.


Lição 3: O Sofrimento e a Missão - Reflexões a partir de 2Co 10-13


Na terceira lição enfocamos o sofrimento físico, ministerial e pessoal que o apóstolo teve de suportar. O objetivo foi entender que o sofrimento é parte integrante da vida pastoral. Ele esteve presente, e muito, no ministério de Paulo. O que pudemos perceber é que Paulo entende que o sofrimento e as agressões sofridas durante o ministério eram uma continuidade da missão e dos sofrimentos do próprio Cristo.


Lição 4: Vocação: desafios e oportunidades - Reflexões a partir de Romanos 8.18-25


Finalmente, terminamos refletindo, a partir da perícope de Romanos, sobre os desafios – a abrangência da ação ministerial – e as tentações – de colocar os interesses pessoais acima do chamado ministerial. Nessa visão de conjunto, percebemos que a prática pastoral se insere em um contexto que é determinante para as ações pastorais. Essa prática deve levar em conta a urgência das ações em favor da superação das dificuldades e orientação da comunidade. Finalmente, somos desafiados e ter a comunidade e a sua edificação como o foco da ação pastoral, fugindo das tentações e assumindo a abrangência da missão.


A vocação pastoral é dádiva de Deus! A capacitação para vivê-la no dia-a-dia é partilhada entre a presença do Espírito Santo em nossa vida e o nosso constante exercício de discernimento e de formação continuada para estar sempre pronto para viver a vocação

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: