Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Prédica, no culto da FaTeo, desafia a Igreja a ser comunidade de fé, comunhão e serviço

Prédica, no culto da FaTeo, desafia a Igreja a ser comunidade de fé, comunhão e serviço

18/09/2015 18h40

O coral Canto da Terra, sob regência do maestro Jonas Paulo da Silva, entoou a canção Ao meu redor

 

No culto matutino da FaTeo nesta quarta (16), o pastor e professor Jonadab Almeida falou sobre  o desafio da Igreja de hoje, de ser uma comunidade de fé, comunhão e serviço, com base no texto de Marcos 9.30-37.

 

Citando texto do Prof. Dr. Paulo Roberto Garcia, publicado no Anuário Litúrgico 2015, o pastor Jonadab pontuou conceitos destacados no texto: a comunidade de Marcos que é desafiada a seguir Jesus, a viver o discipulado, a vencer o medo através da fé, “e isso em tempo de ocupação do império”, uma comunidade desafiada a romper o segredo e revelar o Cristo e anunciar a fé que vence o caos e traz paz aos pequeninos.

 

Momento de oração de confissão

 

Lembrando que esse também é o tema que inspira e desafia as ações da Igreja metodista no biênio 2014-2015:  “Discípulas e discípulos nos caminhos da missão formam uma comunidade de fé,  comunhão e serviço”, o pastor  destacou a atitude de Jesus ao ensinar seus discípulos: “Ele estava concentrado em completar a missão que veio realizar: a construção do Reino de Deus, enquanto seus discípulos estavam distraídos e não acompanharam esse discernimento, no sentido de urgência.” Transportando para os nossos dias, o pastor questionou o que o texto de Marcos ensina para a Igreja de hoje.

 

Dentro dos ensinamentos de Jesus, que naquele contexto chamou os 12, está que: O caminho de ser grande no Reino de Deus é o do serviço. “Aqui Jesus está falando daquele/a que lava os pés de todos, que lava a louça, que limpa o chão, que cura as feridas, que assiste as outras pessoas nas suas necessidades, especialmente os pequeninos. É uma grande lição para nossa comunidade. temos o desafio de servirmos uns aos outros, umas às outras”.

 

Outro aspecto do ensinamento, destacado na prédica foi o acolhimento. “Jesus radicaliza quando coloca uma criança no meio, e mais ainda quando toma a criança em seus braços (aquilo era trabalho de mulher). Acolher quem mais sofre, quem mais tem necessidade e que não pode retribuir é o mesmo que acolher a Jesus, o próprio Deus (v.37)”. falando de nossos dias o pastor lembrou da vivência atual em tempos de proximidade de concílio, tempos de querer definir quem vai ocupar qual cargo?

 

Reverendo e professor Jonadab Domingues Almeida levou a comunidade a refletir sobre o papel da Igreja, hoje, na prédica desta quarta (16)

 

“Sobre a superação do medo pela fé, Jesus fala com autoridade em ser morto e ao terceiro dia ressuscitar e ressalta que essa disposição é mais importante que ser notado, do que ser popular.”

 

O pastor Jonadab lembrou que  ainda que Jesus, não quisesse que as pessoas soubesse que ele estava passando por ali, ele estava empenhado em preparar seus discípulos para serem testemunhas, mesmo com custo da própria vida. “Após a confissão de Pedro, no capítulo 8, Marcos diz que Jesus expunha claramente sobre quem ele era e o que aconteceria, chamando seus discípulos a assumirem as implicações do discipulado. E ele fecha dizendo: a si mesmo se negue, tome sua cruz e siga-me.”

 

Pastor e professor José Carlos Souza fez a oração final e bênção

 

Concluindo, o pastor Jonadab disse que “essas preciosas lições de Jesus nos chamam a uma resposta, um desafio de formar uma comunidade de fé, comunhão e de serviço.”


Serviço: Os cultos da FaTeo são abertos a toda a comunidade e acontecem às quartas-feiras às 9h20 e às 19h30, no auditório do Edifício Ômega. Rua Planalto, 135 – Rudge Ramos.

 

 

Texto: Rose Rosa
Fotos: Ricardo Bissolato

 

 

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: ,

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: