Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Pastora e bispo brasileiro integram novo Comitê Executivo do CIEMAL

Pastora e bispo brasileiro integram novo Comitê Executivo do CIEMAL

06/06/2012 12h05 - última modificação 06/06/2012 12h03

As reuniões da Comissão Diretiva e do Conselho de Bispos e Presidentes, realizadas na Faculdade de Teologia da Igreja Metodista no Brasil, tomaram a decisão de eleger um novo Comitê Executivo para o CIEMAL até a Assembléia Geral que será realizada em maio de 2013.

 

Foi eleita uma nova equipe para integrar o Comitê Executivo do CIEMAL, instituição que congrega 17 igrejas metodistas das 20 existentes no continente. Além disso, os membros da Comissão Diretiva foram organizados em dois grupos de trabalho - um grupo formado para desenvolver as ações estratégicas e outro grupo para trabalhar os detalhes relacionados com o evento da Assembléia.

Foi eleita a pastora Joana D´Arc, Secretária para a Vida e Missão da Igreja Metodista, para o cargo de vice-presidência do CIEMAL e o bispo João Carlos Lopes para a presidência do Conselho de Bispos/as (na foto acima, à esquerda, na reunião do Conselho de Bispos realizada em abril, na FaTeo).


Novo Comitê Executivo do CIEMAL

Presidente do CIEMAL: Bispo Pablo Morales - Panamá
Vice-Presidente do CIEMAL: Revda. Joana Darc Meireles - Brasil
Secretária de Atas: Revda. Carilina Thomas Hall - República Dominicana
Presidente do Conselho de Bispos e Presidentes: Bispo João Carlos Lopes – Brasil

A Comissão Directiva do CIEMAL expressou sua gratidão aos irmãos Rev. Moisés Valderrama (México), Rev. Oscar Bolioli (Uruguay), Hna. Glorymar Rivera (Puerto Rico) y Hna. Alma Italia (México) pela significativa contribuição dada nos quatro anos de trabalho e de orações, pedindo ao Senhor que os abençoe, assim como suas igrejas nacionais representadas.

Breve Histórico e mudanças nos programas

O período 2008-2013 tem sido marcado por um tempo de reforma e análise institucional, conforme decidido na Assembléia Geral do CIEMAL, realizada em 2008. Nesse mesmo ano, a Comissão Diretiva se encontrou e, novamente em 2009, um evento especial foi convocada para reunir não só a Comissão Diretiva, mas também os Bispos e Presidentes, os representantes das agências companheiras em missão e o CREAS, para o 40 º aniversário CIEMAL, oportunidade na qual foram desenvolvidas as diretrizes para a produção do Plano Estratégico, que culminou com a reunião do Comitê Executivo e da Comissão vida e Missão com CREAS, e foi iniciado em 2010.

A partir do novo Plano Estratégico, CIEMAL iniciou algumas mudanças significativas na visão, missão e objetivos, construídos em diálogo com a liderança leiga e clerical do continente na celebração anos 40. Os programas passaram pela necessidade de re-significar a sua atuação e estratégias, para fins de adaptação à nova realidade dada pelas Igrejas de CIEMAL no contexto que estamos vivendo.

Com as mudanças, o Programa Infância e Juventude foi eliminado como tal, de maneira que a coordenadora, irmã Alicia Paredes (Peru), concluiu seu mandato. O Programa Saúde Integral foi remodelado de forma a atender não somente o grupo de crianças, mas a família como um todo, e do programa Jovem em Missão tem passado incluir a formação e inclusão de adolescentes. O programa de HIV-AIDS irá desenvolver ações de assistência em situações de crise que inclua desastres naturais. A Escola Latino-Americana de Evangelismo, ELADE será um fórum para o diálogo entre as diferentes linhas teológicas dentro do Metodismo continental.

Foram realizadas diversas reuniões com os coordenadores do programa, em pessoa e virtualmente, onde eles foram capazes de escolher se permaneceriam na função, enfrentando os novos desafios e implementando os ajustes necessários dentro de um ano. Após esse período, o Rev. John Damian (Uruguai) renunciou, e após um ano e oito meses, em agosto de 2011, a Comissão Diretiva teve uma conferência telefônica e tomou a decisão de encerrar o período de trabalho da irmã Eluzinete Pereira (Brasil) e irmão Eduardo Campaña (Equador).Os dois cargos missionários, em aberto com a saída do casal, estão no processo de seleção no Junta de Ministérios Globais. O irmão Gustavo Ali (Bolívia) continua desenvolvendo propósitos e projetos para enfrentar as mudanças necessárias no programa para jovens até à próxima Assembleia Geral a ser realizada em maio de 2013.

Carta do Conselho de Bispos e Presidentes do CIEMAL

O Conselho de Bispos e Presidentes da Igreja Evangélica Metodista na América Latina e Caribe, reunidos em São Paulo, Brasil, no dias 10-12 de Abril de 2012, refletimos e compartilhamos experiências diversas de nossas igrejas irmãs.

No final das sessões, consideramos reafirmar a nossa Carta anterior de Alajuela, Costa Rica, em 2011, onde se expressou a urgência que nós, como discípulos de Jesus Cristo, devemos ter para desenvolver um ministério de compaixão na América Latina. Dada a situação de injustiça social, o tráfico de drogas, violência, pobreza, corrupção e pecado que se vive no continente, são muitos os meninos, meninas, jovens e grande setores mais vulneráveis da sociedade vivem em angústia e sofrimento. Diante desta realidade de dor e desespero, seguindo o exemplo de nosso Senhor Jesus Cristo, que sentiu compaixão pelas multidões que viviam como ovelhas sem pastor (Mateus 9:35-38), o Senhor da Igreja nos chama, nos capacita, nos dá o poder e envia-nos a levar palavras de libertação e esperança, a compartilhar o evangelho com as pessoas que vivem longe de Deus.

Por outro lado, estamos preocupados com outras situações que têm surgido nestes tempos, tais como:

- A continuidade da violência e o aumento da violência nas relações sociais;

- A corrida armamentista militar nas Malvinas como uma solução para o conflito da soberania territorial;

- Falta de educação igual para todos;

Essas questões desafiam-nos a tomar posições ativas no cumprimento da missão para a qual Deus nos chama.

Finalmente, nos dá esperança e alegrias os sinais de unidade, cooperação e justiça entre as igrejas metodistas, em especial os vínculos de trabalho conjunto, através de convênios e acordos para o melhor cumprimento da missão.

Oramos ao Senhor da Igreja para que nos leve a viver na unidade do Pai, do Filho e do Espírito Santo, reafirmando nossa identidade metodista em santidade e serviço em nosso continente.




Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: