Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / No Pentecostes, a presença do Espírito Santo revitaliza para a tarefa missionária

No Pentecostes, a presença do Espírito Santo revitaliza para a tarefa missionária

12/05/2016 21h51

 

Com referência ao domingo de Pentecostes, o culto desta quarta (11) teve reflexão no Evangelho de João 14. 7-17. O pregador, nos dois horários, foi o vice-reitor da FaTeo, o reverendo e professor Dr. Nicanor Lopes. Citando os discursos de despedida que Jesus fez em alguns capítulos de João, Lopes falou da fragilidade pela qual passavam os discípulos e a necessidade da presença revitalizadora do Espírito Santo para a tarefa missionária.



O pastor lembrou que Filipe era discípulo, próximo de Jesus. Alguém que cria, mas que também precisava da revelação de Deus. “Parece que hoje, estamos na mesma posição de Filipe, precisamos que esse Deus se revele a nós.”

 

 

A resposta de Jesus a Filipe, dizendo que nas suas atitudes ele podia ver Deus, faz com que a Igreja precise refletir, de acordo com o pastor. “Será que as atitudes que praticamos são atitudes que Deus coloca em nós?” Os atos de Jesus revelaram não apenas o Pai, mas a unidade da Trindade, de acordo com Lopes. “Então, Deus precisa se revelar para nós de maneira que nossos gestos para o mundo representem essa unidade da fé.”

 

 

Falando do Espírito Santo, Lopes enfatizou que “Ele precisa fazer parte do nosso testemunho, do nosso discipulado. O texto revela como a missão acontece. O Espirito é a presença e o poder de Deus com os discípulos, sem interrupção”.

 

Chamando a atenção dos presentes para a ênfase missionária do texto, o pastor lembrou que o Espírito consolador tem a tarefa de trazer à memória “que Deus me alcançou antes que eu o procurasse.” O mundo não conhece, daí vem a tarefa missionária. “Essa fé precisa ser compartilhada. O Pai precisa ser revelado. Não da para compreender o Espírito Santo fora do discurso da missão. Fazer a vontade de Deus implica em testemunhar a Jesus Cristo.”

 

 

O culto contou ainda com a participação do Coral Canto da Terra, que entoou a canção Hold On em meio ao momento de confissão. O Coral é composto por alunos e alunas da FaTeo, regido pelo maestro Jonas Paulo e acompanhado pela pianista Liséte Espíndola.

 

 

Texto: Rose Rosa
Fotos: Ricardo Bissolato

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: ,

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: