Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Metodistas do Chile e Peru firmam convênio de colaboração mútua

Metodistas do Chile e Peru firmam convênio de colaboração mútua

06/06/2012 11h45 - última modificação 06/06/2012 11h44

Por Esteban Leal/CIEMAL

As igrejas metodistas do Chile e Peru, representadas pelos bispos Mario Martínez Tapia, do Chile, e Joreg Bravo Caballero, do Peru, firmaram um convênio de mútua colaboração na Trigésima Assembleia Geral, realizada na cidade de Angol, com a participação de cerca de cento e cinquenta delegados do Chile.

O objetivo em firmar este convênio, segundo expressou Mario Martínez, é conseguir uma mútua colaboração entre ambas igrejas, tanto do Chile como do Peru, nas áreas do trabalho pastoral e educacional. Martínez agregou que, em nosso país, a igreja metodista tem 21 colégios e um centro médico.

Então o bispo da Igreja Metodista do Peru, Jorge Bravo, presente nesta assembleia, valorizou a assinatura desse convênio, expressando que com isto se busca valorizar toda a ajuda necessária aos imigrantes peruanos que chegam no Chile. “Nossa vinda ao Chile é porque temos o interesse de compartilhar as experiências com a igreja metodista do Chile para poder desenvolver as áreas de evangelização e discipulado, ainda mais pelo questão migratória na fronteira Arica – Tacna e poder ali fortalecer a proteção de pessoas de nosso país que atravessam até o Chile.” O bispo deo Peru, Jorge Bravo estendeu um convite formal ao bispo chileno, Mario Martínez, para que visite e esteja presente em sua próxima assembleia, que será realizada no mês de março de 2012 em Lima.

O bispo Mario Martínez, entregou um relatório episcopal completo dos anos 2010-2011 aos congressistas da sua gestão, entre eles,o tema da reconstrução de templos e casas pastorais afetadas pelo terremoto. Dois templos dos que foram afetados severamente pelo terremoto, foram demolidos, seis construções associadas aos templos, como dependências e casas também precisaram ser demolidas e em uns dez templos foram necessário fazer reparos por causa do dano severo em suas infraestruturas.

A reconstrução foi feita com contribuições próprias da igreja e instituições da igreja metodista do Chile e com recursos das igrejas metodistas dos Estados Unidos, Grã Bretanha e Suiça.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: