Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Metodista inicia o ano letivo com Campanha de Doação de Sangue

Metodista inicia o ano letivo com Campanha de Doação de Sangue

15/02/2011 12h45 - última modificação 16/02/2011 19h51

A Universidade Metodista de São Paulo realiza Campanha de Doação de Sangue como forma de estimular a recepção aos novos alunos da Instituição, onde mobilizará também estudantes veteranos, docentes, funcionários e comunidade externa para realizar esta ação voluntária, visando o bem-comum e a integração. O evento ocorre em duas datas, dia 17, quinta-feira, e 19 de fevereiro, sábado, a partir das 8h, no Campus Rudge Ramos.

Assim como ocorreu no Dia Mais Cidadania de 2010, a Metodista está organizando um grande mutirão para levar os interessados até os hemocentros ligados à Associação Beneficente de Coleta de Sangue (Colsan) e ao Hospital São Paulo para realizar a doação (confira os locais que serão atendidos).

Os interessados podem se inscrever gratuitamente pelo PORTAL DA METODISTA desde que atendam às recomendações indicadas pelo Ministério da Saúde e pela Colsan, entre elas ser maior de 18 anos, pesar mais de 50 quilos e estar portando algum documento original com foto. Confira a lista completa de exigências mínimas e dicas para o dia da doação.

A concentração para a Campanha Trote Solidário acontecerão nos dias 17 e 19 (quinta-feira e sábado) de fevereiro, a partir das 8h, no Campus Rudge Ramos. O acesso ocorre pela portaria da Alfeu Tavares (Rua Alfeu Tavares, 149 – Rudge Ramos – SBC). A Metodista oferecerá um café da manhã para os voluntários antes da doação. A saída está programada para as 9h.

Para obter mais informações ligue para (11) 4366-5577 ou envie e-mail para doesangue@metodista.br.

por A. Cassinelli - 04/02/2011

LEIA TAMBÉM: |

Condições básicas para doar sangue:

  • Sentir-se bem, com saúde;
  • Apresentar documento com foto, válido em todo território nacional;
  • Ter entre 18 e 65 anos de idade;
  • Ter peso acima de 50Kg.

Recomendações para o dia da doação:

  • Nunca vá doar sangue em jejum;
  • Faça um repouso mínimo de 6 horas na noite anterior a doação;
  • Não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores;
  • Evitar fumar por pelo menos 2 horas antes da doação;
  • Evitar alimentos gordurosos nas 3 horas antecedentes a doação;
  • Interromper as atividades por 12 horas as pessoas que exercem profissões como: pilotar avião ou helicóptero, conduzir ônibus ou caminhões de grande porte, subir em andaimes e praticar pára-quedismo ou mergulho.

Quem não pode doar?

  • Quem teve diagnóstico de hepatite após os 10 anos de idade;
  • Mulheres grávidas ou amamentando;
  • Pessoas que estão expostas a doenças transmissíveis pelo sangue como AIDS, hepatite, sífilis e doença de chagas;
  • Usuários de drogas;
  • Aqueles que tiveram relacionamento sexual com parceiro desconhecido ou eventual, sem uso de preservativos.

O que acontece depois da doação?


O doador recebe um lanche, instruções referentes ao seu bem estar e poderá posteriormente conhecer os resultados dos exames que serão feitos em seu sangue. Estes testes detectarão doenças como AIDS, Sífilis, Doença de Chagas, HTLV I/II, Hepatites B e C, além de outro exame para saber o tipo sanguíneo. Se for necessário confirmar algum destes testes, o doador será convocado para coletar uma nova amostra e se necessário, encaminhado a um serviço de saúde. Após 30 dias de sua doação, a carteirinha do doador ficará disponível para retirada no local da doação.


O que acontece com o sangue doado?


Todo sangue doado é separado em diferentes componentes (como hemácias, plaquetas e plasma) e assim poderá beneficiar mais de um paciente com apenas uma unidade coletada. Os componentes são distribuídos para os hospitais da cidade para atender aos casos de emergência e aos pacientes internados.

Fonte: Ministério da Saúde e Associação Beneficente de Coleta de Sangue - Colsan

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: