Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Leonardo Boff recebe título Doutor Honoris Causa

Leonardo Boff recebe título Doutor Honoris Causa

Por Antonio Carlos Ribeiro

30/05/2008 22h58 - última modificação 30/05/2008 23h23


O teólogo Leonardo Boff recebeu mais um título de Doutor Honoris Causa em reconhecimento ao seu compromisso ecumênico surgido do diálogo com a teologia protestante e à reflexão entre teologia e ecologia. A honraria é a primeira recebida de instituição teológica brasileira, as Faculdades EST (Escola Superior de Teologia de São Leopoldo, da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil). O homenageado agradeceu pela concessão da titulação honrosa e enfatizou que Lutero apresentou um Deus que se acerca dos oprimidos, abrindo espaço para a esperança da humanidade, que se traduz na resistência e na busca da vida e da libertação. Na entrega do título, até então só concedido a luteranos, o reitor Oneide Bobsin salientou que o momento era de celebração e exaltação do Evangelho.

Boff agradeceu a homenagem e reafirmou conceitos sobre a importância da obras de Lutero, já difundidos em seu livro E a Igreja se fez povo; eclesiogênese: a Igreja que nasce da fé do povo, publicado pela Editora Vozes em 1986. Ele enfatizou a atualidade do reformador Martim Lutero e do princípio protestante da indignação. "A teologia de Lutero é boa para a humanidade sofredora. Ele foi um mestre da fé e a voz que clama pela renovação espiritual". O evento se deu durante o seminário Leonardo Boff e a Teologia Protestante, de 12 a 16 de maio.

Participaram da cerimônia de outorga do título doutor honoris causa o prefeito de São Leopoldo, Ari José Vanazzi, o pró-reitor acadêmico da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), Pedro Gilberto Gomes, o pró-reitor acadêmico da Pós-Graduação da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Edgar Hammes, e o pastor primeiro vice-presidente da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), Homero Severo Pinto.

Leonardo Boff é natural de Concórdia (SC), ingressou na Ordem dos Frades Menores (1959), doutorou-se em Teologia e Filosofia na Universidade de Munique (Alemanha, 1970), recebeu títulos de doutor honoris causa em Política da Universidade de Turim (Itália), e em Teologia da Universidade de Lund (Suécia). Sofreu um processo da Sagrada Congregação para a Defesa da Fé (1984), por causa da eclesiologia apresentada no livro Igreja: Carisma e Poder, sendo condenado a um ano de "silêncio obsequioso" e deposto das funções editoriais e magisteriais (1985). Sob ameaça de novo processo, renunciou ao sacerdócio (1992), prestou concurso e passou a ensinar Ética, Filosofia da Religião e Ecologia na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) (1993). É autor de mais de 70 livros nas áreas de teologia, espiritualidade, filosofia, antropologia, mística e ecologia. A maioria de sua obra está traduzida para os principais idiomas modernos.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: