Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Fateo / Notícias / Jürgen Moltmann profere palestra com Leonardo Boff e lança livro com Prof. Levy Bastos, no Bennett

Jürgen Moltmann profere palestra com Leonardo Boff e lança livro com Prof. Levy Bastos, no Bennett

09/09/2011 11h45 - última modificação 09/09/2011 11h47

Aula Magna no Bennett

Palestras de Jürgen Moltmann e Leonardo Boff e lançamento de livro de Jürgen Moltmann e Levy Bastos no Instituto Bennett, Rio de Janeiro

Por Helmut Renders

 “Dois planetas sem encontram no cosmo:
-- Como você está?
-- Estou mal!
-- O que você tem?
-- Olha, acho que peguei homo sapiens!
-- Puxa! Mas, fique tranqüilo: Isso passa...”

                                                    Jürgen Moltmann


Assistimos, nos dias 31 de agosto e 1 de setembro de 2011, a duas conferências de Jürgen Moltmann, a primeira junto a Leonardo Boff. Na ocasião foi lançado o livro “Futuro da criação”, escrito por Dr. Jürgen Moltmann e Dr. Levy Bastos, diretor da Faculdade de Teologia do Centro Universitário Instituto Bennett.

O tema central foi o papel do ser humano como parte da criação e diante do seu sofrimento. Na sua primeira palestra, Jürgen Moltmann descreveu sua compreensão de uma “teologia ecológica” capaz de acompanhar o novo paradigma da sustentabilidade. Para isso, propôs uma leitura sustentável de Gênesis 1 (a criação do ser humano como último mostra a sua dependência de tudo que foi criado antes), problematizou o pensamento linear da modernidade e explicitou a sua compreensão de uma ética da criação (reconsiderando a ética do sábado como sétimo dia da criação).

Leonardo Boff apontou dez temas relacionados com o assunto, entre eles: o paradigma da interdependência, a importância da biodiversidade e diversidade cultural, a necessidade de uma ciência mais consciente e universidades promovendo uma aliança de saberes, a busca do bem comum, tanto da terra como da humanidade, e a substituição da ditadura da razão por uma razão sensível ou cordial.

As sutis diferenças entre o teólogo reformado e seu pan-in-teismo em defesa da natureza (com referência à Carta da Terra) e o teólogo franciscano e sua mística expressa por sua opção pela metáfora da mãe terra e entre o protestante e sua esperança que o ser humano apreendesse não somente pelo sofrimento, mas, também pelo entendimento e o católico esperando que Hegel  -- O ser humano aprende nada da história e tudo do sofrimento --- não tivesse toda razão, representaram um diálogo em alto nível e comprometimento com questões essenciais do nosso cotidiano e do futuro do planeta terra.

O auditório do Bennett ficou duas vezes lotado e precisava-se de mais do que uma hora para atender às filas de pessoas em busca de um autógrafo nos livros de Jürgen Moltmann e do seu lançamento junto com Levy Bastos, diretor da Faculdade de Teologia do Bennett.

Diretor Levy Bastos  mostrou-se um excelente tradutor e o reitor do Centro Universitário Bennet, Clóvis de Oliveira Paradela, um cuidadoso anfitrião. Graça a sua iniciativa, o congresso contou também com a presença dos bispos Elisiário Alves dos Santos (que fez a oração de abertura) e Roberto Amaral, da Igreja Metodista Wesleyana, além de outros representantes de instituições eclesiásticas e acadêmicas de Rio de Janeiro e seus arredores. Pastora Gláucia Mendes e pastor Paulo Welte, da Pastoral Universitária do Bennett, conduziram os louvores ao Deus criador e aproximaram dessa forma costumes das igrejas locais com este evento acadêmico.

LIVRO:
BASTOS, Levy; MOLTMANN, Jürgen. O futuro da criação. Prefácio de Leonardo Boff.  Rio de Janeiro, Mysterium / Mauad X, 2011. 207 p.  ISBN 978-85-7478-375-8.




Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: